Óleo de Borage 500mg 60 Cápsulas

  • Pronta entrega
    Óleo de Borage 500mg 60 Cápsulas

    de: R$ 42,00    por: R$ 30,00



  • Informações
  • Indicação
  • Outros produtos
  • Comentários
  • Artigos

Óleo de Borage 500mg 60 Cápsulas

Óleo de Borragem para que serve?


O óleo de borragem ou óleo de borage, é um óleo vegetal produzido à base do extrato das sementes da planta Borago Officinalis, pertencente à família das Boragináceas, sendo conhecida popularmente como Borragem. A planta que é nativa da Europa, oferece diversos benefícios que contribuem para o bom funcionamento do organismo, pois contém um perfil diversificado de nutrientes.

Dentre suas principais funções se destacam as seguintes ações: contribui para a amenização dos sintomas da TPM e da menopausa; favorece a manutenção e a proteção da pele (ação rejuvenescedora, antioxidante e anti-inflamatória), ajuda a combater a hipertensão; auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares e reduz os níveis de colesterol LDL (ruim).

A planta é uma fonte de ácidos graxos essências, tal como o ômega 6, que não pode ser produzido pelo organismo humano. Devido ao fato de não ser sintetizado por meio do organismo, o ômega 6 deve ser obtido através da alimentação ou suplementação.

Óleo de Borragem emagrece?


Pesquisas indicam que o consumo de Óleo de Borragem pode contribuir para o processo de perda de peso como um coadjuvante. Devido à sua composição que é abundante em ácidos graxos, o óleo de borragem auxilia na melhora do perfil lipídico (gordura) e, desta forma favorece o processo do emagrecimento.

Suas ações que beneficiam o emagrecimento também incluem atividades que ajudam a reduzir a concentração da gordura visceral (gordura abdominal), pois o óleo apresenta em sua composição propriedades anti-inflamatórias que ajudam a combater inflamações como as gorduras  encontradas na região do abdômen.

Óleo de Borragem TPM:

O consumo do Óleo de borragem está associado a melhora dos sintomas da TPM e da menopausa. O óleo é capaz de influenciar as glândulas supra-renais e de estimular a síntese de adrenalina - hormônio relacionado as sensações de bem-estar e prazer, contribuindo para a melhora de sintomas como: depressão, irritabilidade, inchaço, dores musculares (seios) e de cólicas menstruais.

 Óleo de Borragem engorda?

Não foram encontradas evidencias ou estudos científicos que confirmem que o consumo ou utilização do óleo de borragem promove o ganho de peso.

Óleo de Borragem pele:

Por oferecer propriedades antioxidantes, adstringentes e anti-inflamatórias, o óleo de borragem auxilia na manutenção da pele saudável e bela. Seu uso ajuda a prevenir o aparecimento de sinais de expressão e rugas, além de beneficiar a regulação da secreção sebácea, melhorando o aspecto de acnes, espinhas, cravos e por fim da oleosidade da pele.

Óleo de Borragem cabelos:

Auxilia no tratamento contra à caspa e contribui para revitalização e regeneração dos cabelos e do couro cabeludo.

 Óleo de Borragem propriedades:

- Ação adstringente;
- Antidiarréica;
- Antigripal;
- Anti-inflamatória;
- Ação calmante;
- Atividade purificadora;
- Diaforético;
- Diurética;
- Emoliente;
- Expectorante;
- Hipoglicêmica;
- Sudorífera;
- Tônica.

 Óleo de Borragem efeitos colaterais:

É de extrema importância que a administração e a dosagem do produto sejam autorizadas e orientadas por um médico habilitado, a modo de prevenir efeitos prejudiciais à saúde, pois a dosagem pode variar conforme a necessidade do paciente.

 Óleo de Borragem é contraindicado para pacientes que apresentam hipersensibilidade a qualquer componente encontrado na fórmula. Gestantes e lactantes não devem fazer uso do produto sem consentimento e acompanhamento médico.

O uso do Óleo de Borragem pode provocar os seguintes efeitos colaterais:

- Afinamento do sangue;
- Risco de câncer de próstata;
- Parto prematuro;
- Toxinas no fígado.

 Óleo de Borragem preço:


Na Online Farma você encontra preços baixos. Confira!




 

 

É necessário se logar no site para enviar um comentário.







Dicas para aliviar cólicas menstruais

Autor: Vanessa Ferreira

Muitas mulheres recorrem a analgésicos para aliviar o incômodo. Contudo, a automedicação não é indicada e o uso prolongado de medicamentos sem prescrição pode ser extremamente prejudicial `a saúdeLeia Mais