"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Ginkgo biloba um ativador natural da memória


25/02/2016 - 23:00:00 | 646
 
 
O extrato de Ginkgo biloba é uma substância obtida a partir das folhas da árvore do Ginkgo, nativa da Coréia, China e Japão, mas atualmente presente em todo mundo, inclusive no Brasil. A árvore do Ginkgo pode ultrapassar os 40 metros de altura e viver mais de 1000 anos.

Ginkgo biloba é, atualmente, uma das 10 ervas medicinais mais usadas em todo o mundo. Este fitoterápico possui duas substâncias ativas consideradas as responsáveis por seus efeitos no nosso organismo: flavonoides e terpenos.  Ambas as substâncias possuem ação antioxidante e por isso são benéficas em todas as doenças onde a oxidação é intensa, elas vão reduzir a velocidade de envelhecimento do cérebro. 

O extrato de Ginkgo biloba é uma substância estimulante para cérebro que regula os mecanismos circulatórios, facilitando o fluxo sanguíneo arterial, cerebral e periférico que melhora a oxigenação das células. Historicamente, o Ginkgo biloba sempre foi indicado como um bom tratamento para melhorar a memória, a concentração e o grau de atenção, principalmente, nos idosos.

Ginkgo biloba para a memória:

Estudos realizados mostraram que o consumo de Ginkgo biloba aumenta a memória e as capacidades cognitivas de indivíduos com Alzheimer. Outros estudos mostraram que a Ginkgo também pode aumentar significativamente a concentração e a memória de indivíduos saudáveis. Para que os resultados sejam satisfatórios com o uso do Ginkgo biloba, é importante o acompanhamento com o seu médico e seguir todas as orientações fornecidas por ele.

Os efeitos colaterais causados com o uso do Ginkgo biloba incluem: dor de cabeça, reação alérgica na pele, enjoos, palpitações, sangramentos ou diminuição da pressão arterial. Ao persistir qualquer sintoma, procure o seu médico imediatamente. O Ginkgo biloba não é recomendado para crianças com menos de 12 anos, grávidas e durante a amamentação. Antes de fazer uso do Ginkgo biloba cápsulas consulte o seu médico. Nunca se automedique!