"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

A riqueza nutricional do tomate


06/04/2014 - 23:00:00 | 1083

Por que essa fruta é tão reverenciada pela ciência?

 
O tomate é uma fruta comumente consumida na dieta dos brasileiros. Em saladas, molhos, em forma de suco, em ensopados, cozidos, enfim, em algum prato da dieta este alimento está presente.
 
Quais as propriedades do tomate?
Possui vitamina A, vitamina C e E, vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B6). É rico em importantes sais minerais (cálcio, fósforo, magnésio, ferro, potássio, zinco, entre outros).
 
O tomate é um alimento rico em água, quase 94% do seu peso se constitui em líquido, possui poucas calorias, 100 gramas equivale a aproximadamente 21 Kcal, sendo assim, importante na dieta daqueles que desejam a perda de peso.
 
A vitamina mais abundante no tomate é a vitamina C e o mineral que chama a atenção é o potássio. A fruta também é rica em fibras, em um tipo conhecido como fibra solúvel, importante para o controle do colesterol.
 
É rico em dois tipos importantes de ácidos: ácido málico e ácido oxálico. Quanto mais maduro o tomate estiver, a concentração desses ácidos se torna menor dando lugar à presença de açúcares. O alimento tem podem alcalino, ou seja, tem o poder de “limpar” o sangue graças à alta concentração de sais minerais.
 
Outra substância que chama a atenção no tomate e sem dúvida se trata do componente mais observado na fruta, é o licopeno. O licopeno é o responsável pela cor atraente do tomate e pertence ao grupo de carotenoides, essa substância age como poderoso antioxidante contra a formação dos radicais livres que matam células, causam doenças e até mesmo o envelhecimento celular. 
 
O consumo regular do tomate é indicado para a prevenção e tratamento de problemas na próstata, isso se deve à alta concentração de licopeno, que protege e impede a degeneração cancerosa das células da próstata. 
 
O consumo frequente da fruta é indicado até mesmo para o fortalecimento do sistema imunológico, graças à presença dos carotenoides e riqueza em vitamina C.
 
A ingestão regular do alimento previne doenças cardiovasculares como a aterosclerose, pois previne o entupimento de veias e artérias; diminui os níveis de LDL (mau colesterol) no sangue e melhora a circulação sanguínea. 
 
Acredita-se que o tomate refogado com azeite seja mais rico em licopeno do que a sua versão crua. O molho de tomate embora tenha passado pelo processo de industrialização ainda concentra bons índices do antioxidante.
 
A riqueza em minerais auxilia no controle de açúcar no sangue, desta forma, o tomate se constitui em importante alimento para a dieta dos diabéticos.
 
O alto índice de potássio na fruta favorece a saúde óssea, isso por que previne o estresse oxidativo nos ossos.
 
Agora que você conhece mais sobre este importante alimento, explore-o mais na dieta diária. A melhor maneira de prevenir e tratar doenças é se alimentando da maneira correta, explore alimentos funcionais como o tomate na alimentação.