"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Regiões da face com acne e a relação com saúde


06/03/2016 - 23:00:00 | 508

Compreenda de acordo com a medicina chinesa

 
 
Durante muito tempo, as espinhas estavam associadas apenas à puberdade, mas muitas pessoas na fase adulta ainda sofrem com a acne tanto no rosto quanto em diversas parte do corpo. 
 
Pesquisas têm apontado a relação da acne em partes do corpo com algumas doenças específicas.
 
De acordo com a medicina chinesa, a acne facial possui relação com órgãos internos com a dieta alimentar.
 
De acordo com áreas da face, com quais problemas de saúde a acne está relacionada?
 
 
Acne na testa (parte superior): cravos e espinhas nessa região possuem ligação com o sistema digestivo e com a bexiga. É fundamental beber bastante água ao longo do dia e evitar ao máximo alimentos gordurosos e açúcares. Prefira uma alimentação saudável e invista em bebidas desintoxicantes como o chá verde e a água morna com meio limão espremido.
 
Acne na testa (parte inferior): nessa região a acne está ligada ao coração. Neste caso, vale realizar atividades aeróbicas moderadas e até mesmo utilizar suplementos naturais como o óleo de coco e a romã.
 
Região da sobrancelha e olhos: esta área possui relação com o fígado. Diminuir a quantidade de gorduras na dieta é fundamental. Vale sempre consumir com frequência frutas, verduras, legumes, cereais integrais, entre outros.
 
Orelhas: costuma ser raro, mas se houver acne nessa região, é sinal de que os rins precisam de atenção. Beber muita água é fundamental, assim como é importante evitar o consumo de sódio na dieta. 
 
Bochechas: nas bochechas superiores, é sinal de problemas respiratórios. Já na região inferior das bochechas ou maçãs do rosto, é sinal de problemas na gengiva e dentes. 

Queixo: acne nessa região é sinal de desequilíbrio hormonal. No caso das mulheres, pode estar relacionada com algum problema ginecológico como é o caso da síndrome dos ovários policísticos.
 
Vale sempre procurar um especialista dermatologista que poderá até mesmo indicar uma outra especialidade médica, caso a acne realmente seja resultado de algum problema de saúde mais complexo.