"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Afinal, cafeína faz bem ou não?


12/01/2014 - 23:00:00 | 809
Muito se fala sobre a cafeína e no que tange ao emagrecimento, representa um avanço já que tem o poder de atuar sobre o processo metabólico acelerando-o.
 
Mas como em qualquer assunto relacionado à saúde, há uma linha tênue entre benefícios e malefícios, o desequilíbrio está ligado aos problemas que o uso da cafeína gera.
 
Cafeína é estimulante, portanto seu uso deve ser realizado com parcimônia, essa substância faz com que hormônios como adrenalina, cortisol, entre outros, sejam liberados, alertando o organismo para que se mantenha em constante atividade.
 
Muitos recorrem à cafeína com o intuito de driblar o sono e o cansaço físico, mas quando a cafeína pode se tornar um risco à saúde?
 
O recomendável é que seja consumida até 300 miligramas ao dia, se essa quantidade é suplantada alguns sintomas podem surgir como: insônia; nervosismo; mal-estar estomacal; arritmia cardíaca; tremores musculares etc.
 
Aqueles que praticam atividades físicas recorrem à cafeína pelos benefícios da produção de energia; por acelerar o metabolismo e até mesmo por reduzir a incidência de dores pós-treino.
 
Mas quando o uso da cafeína com o intuito de manter o corpo em constante atividade se torna um hábito, gera riscos à saúde. O descanso ao corpo é fundamental e ajuda a equilibrar funções orgânicas para que o organismo resista às atividades diárias.
 
Hoje existem diversos suplementos à base de cafeína e inclusive o café verde é recomendável com o intuito de acelerar o metabolismo e induzir à queima de gorduras de maneira eficiente.
 
O que torna o café benéfico ou não depende da maneira individual como é utilizado. O equilíbrio não é uma imposição adquirida, é um exercício diário Seja você o fator proeminente que determinará se a linha tênue existente tornará este hábito saudável ou não. Cafeína faz bem, com equilíbrio.