Televendas & SAC (11)4224-4550 ou (11)93802-7841
 
 

As alergias respiratórias são mais comuns do que se imagina, mas, muitas pessoas desconhecem que são alérgicas, visto que os sintomas podem ser facilmente confundidos com uma simples gripe ou resfriado. Segundo a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai), dois em cada três brasileiros possuem algum tipo de alergia, sendo que a rinite, bronquite e asma são predominantes, principalmente em estações mais frias e em grandes centros urbanos.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, cerca de 10% da população brasileira apresenta sintomas de asma e quase 30% de rinite. Mas afinal, o que causa essas reações alérgicas do sistema respiratório?

Existem diversas substâncias suspensas no ar que podem agravar problemas respiratórios como asmas, bronquite, rinite e sinusite. Essas substâncias são chamadas de alérgenos e são responsáveis por causar uma alteração no sistema imunológico, que identifica o alérgeno como um agente agressor e passa a atacá-lo, o que provoca os sintomas como coceiras, coriza, espirros, lacrimejamento, falta de ar e outros sinais típicos de alergia.

Ácaros, mofo, pelos de animais e pólen de plantas são exemplos de substâncias alérgenas presentes no ar que respiramos. Além disso, existem outras condições que podem agravar uma alergia respiratória, como mudanças climáticas, fumaça de cigarro, alguns perfumes, produtos de limpeza, alguns alimentos e medicamentos. Portanto, é de extrema importância que o paciente alérgico saiba quais são as causas de sua alergia, para evitar a exposição ao alérgeno e prevenir uma crise.

Dicas para prevenir crises alérgicas:

A crise alérgica é extremamente incômoda e pode atrapalhar diretamente a qualidade de vida do paciente alérgico, pois os sintomas podem afetar o sono, o apetite e até causar falta de ar. Os agravantes e desencadeantes da crise alérgica podem estar dentro de suas própria casa, como a poeira e ácaros. Além disso, o ar seco e a poluição contribuem para a piora do quadro alérgico. Portanto, é quase impossível evitar o contato com os alérgenos, mas, existem algumas medidas que podem amenizar e até prevenir crises alérgicas.

- Locais úmidos e fechados favorecem a disseminação de ácaros. Procure manter sua casa arejada e com baixa umidade;

- Prefira roupas de cama de algodão e com tecido antiácaros;

- Mantenha a casa limpa e aspirada;

- Não fume e evite inalar fumaça de cigarro;

- Livre-se de objetos que acumulam poeira;

- Limpe o chão com um pano úmido para remover a poeira;

- Lave casacos e cobertores antes de utilizá-los;

- Evite produtos com cheiros fortes.

Além de seguir essas dicas preventivas é importante consultar um médico alergista a qualquer sinal da doença. Ele irá auxiliar a encontrar a causa da sua alergia e indicará o tratamento adequado.

Mango para tratar inflamações na articulação
Fitoterápico indicado na prevenção de dores causadas pelo reumatismo, tendinites e desgastes físicos...
Alimentos que ajudam a emagrecer
Uma dieta saudável possui todos os alimentos que o organismo necessita para cumprir suas funções, além de alguns alimentos funcionais que inibem a fom...
Online Farma
Lorem ipsum dolor sit amet, justo aliquid reformidans ea vel, vim porro dictas et, ut elit partem invidunt vis. Saepe melius complectitur eum ea. Zril delenit vis ut. His suavitate rationibus in, tale discere ceteros eu nec. Vel ut utamur laoreet vituperata, in discere contentiones definitionem ius.
read more ⟶
Leave a comment
Note: HTML is not translated!