"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Alimentação macrobiótica para combater alergias respiratórias


25/04/2016 - 16:43:38 | 399


Com a queda da temperatura quem sofre de sinusite e rinite deve ter cuidados especiais com a alimentação

 

Para fortalecer a imunidade e livrar-se de doenças respiratórias a culinária macrobiótica é uma excelente opção. De acordo com o professor e especialista em macrobiótica, Fred Chao, os alimentos considerados yang são essenciais para essa época, visto que irão contribuir para o aquecimento do organismo e prepará-lo para os dias mais frios. Para combater às infecções virais comuns no outono e inverno o recomendado é inserir na dieta 60% de grãos integrais, como exemplo o arroz integral cateto

Algumas ervas também podem ser indicadas para a cura das infecções virais comuns na estação, mas o professor Fred Chao diz que a prevenção ainda é a melhor forma de enfrentar implicações respiratórias, o que inclui: estilo de vida, alimentação, movimentação e pensamento. Para tratar as incômodas alergias que chegam com a queda da temperatura o especialista indica a raiz de lótus, umeboshi (uma ameixa japonesa considerada altamente alcalina), missô, shoyu de boa procedência, entre outros. 

arroz

O Consumo de verduras, folhas verde escuras e sopas são também indicados para a estação. Embora as folhas pertencerem aos alimentos yin (frios) são fontes de clorofila e vitaminas essenciais para o fortalecimento do organismo no combate às infecções, sobretudo para o alcance da alcalinidade. As folhas podem ser aquecidas em seu preparo e consumidas através do tradicional caldo verde“Otto Warburg, alemão e ganhador do prêmio Nobel de Medicina em 1931, descobriu que o câncer não se desenvolve no organismo alcalino”, completa.

Para conhecer melhor a culinária macrobiótica e incluí-la na dieta o professor Fred Chao indica o livro “Arte Fundamental da vida” de Bernadette Kikuchi. Por que a alimentação macrobiótica pode ser a solução para combater a sinusite? O professor conta a experiência vivida junto com o amigo que livrou-se dos sintomas. Veja:

"Tenho um amigo que quis viajar comigo para Chicago onde moram meus pais, mas a preocupação dele era grande em relação ao frio de lá, pois iríamos na época de inverno e ele sofria de sinusite sempre que o tempo esfriava aqui em Curitiba onde moramos. Falei que se ele seguisse a mesma dieta que eu,  ele não teria problema com a sinusite.  Ele concordou de bom grado, e assim fomos. Chegando lá, visitamos meus pais, e realmente aquele inverno estava especialmente frio, nos dias finais de nossa viagem enfrentamos uma temperatura de vinte graus abaixo de zero com ventos de setenta km/h, e o noticiário avisava que estava chegando uma frente fria! O Carlos já estava entrando em pânico, mas, felizmente, como havíamos seguido uma dieta preventiva ninguém pegou gripe ou resfriado e ele não teve nenhum vestígio da sinusite que o afligia em Curitiba, onde o inverno era bem mais ameno. Qual é o segredo milagroso? Sessenta por cento de cereais integrais e o restante verduras, legumes, raízes, e outros"

Vale lembrar que principalmente quem sofre de doenças respiratórias deve evitar o consumo de alimentos que podem acidificar o organismo, como sucos industrializados, refrigerantes, alimentos com farinha branca, substância presente em biscoitos, pães e alimentos industrializados. 

 

 

Fred Chao, idealizador da alimentação micromacrobiótica
Fundador do Clorofila - Centro de Auto Educação Vitalícia de Curitiba