Televendas & SAC (11)4224-4550 ou (11)93802-7841

Conheça os alimentos que devem ser evitados e aqueles que podem ser consumidos sem medo

 
                                                                                                                       
O estresse é um mal muito comum dos dias atuais, com tantas tarefas a serem realizadas, muitas pessoas perdem as “estribeiras” literalmente. Inúmeras preocupações e situações de pressão colocam em risco a saúde emocional de milhares de pessoas no mundo, mas você sabia que a alimentação também pode contribuir para um jeito de ser mais estressado?
 
Quando o indivíduo está exposto a uma situação de estresse, o organismo passa a liberar o hormônio cortisol, conhecido cientificamente como hormônio do estresse.
 
Quais alimentos podem desencadear o aumento nos níveis de estresse?
 
Cafeína: A linha entre benefícios e malefícios da cafeína é tênue, em excesso, a substância provoca aumento na produção de adrenalina, hormônio responsável por despertar o estado de alerta, assim, o indivíduo passa a se sentir mais ansioso, além de estar mais propenso a desenvolver problemas como taquicardia e insônia. Bebidas como o café a chás devem ser evitadas, assim como refrigerantes principalmente à base de cola e chocolates que também contêm cafeína, o ideal é consumir essas substâncias em equilíbrio e evitar o consumo até cinco horas antes de dormir, para que o sono não seja prejudicado. 

Bebidas alcoólicas: A sensação que muitas pessoas acreditam que o álcool provoca é de relaxamento, mas na verdade a substância estimula a produção da adrenalina, quando o corpo começa a passar pelo natural processo de desidratação provocado pelo álcool, logo os níveis de cortisol são liberados no organismo.

Sal: Também conhecido como sódio, o sal aumenta a pressão arterial e age sobre a glândula suprarrenal, o que provoca tensões nervosas e um comportamento mais agitado.
 
Mas vale ressaltar que há alimentos que podem auxiliar para a conquista de um comportamento mais tranquilo
 
A água é um alimento essencial, pois à medida que hidrata o organismo, impede que o hormônio do estresse (cortisol) seja liberado no sangue.
 
Fibras são essenciais, agem diretamente sobre o intestino, favorecem a circulação sanguínea e além de regularem a flora intestinal, estimulam a produção do hormônio neurotransmissor serotonina, responsável pelo bom humor e sono regular. Alimentos como grãos e cereais integrais, frutas, verduras e legumes devem ser explorados na dieta diária.
 
É importante também exercitar a paciência diária e não permitir que situações de estresse coloquem em risco a saúde emocional. Mas agora que você sabe que há alimentos que estimulam o estresse, faça uma reavaliação na dieta e tente viver de maneira mais leve. 
 
 
 
 
O que o pêssego oferece à saúde?
Descubra quais são os nutrientes e benefícios existentes nessa fruta...
Cuidados para voltar ao peso normal após a gravidez
Conheça dicas essenciais para voltar à boa forma...
Online Farma
Lorem ipsum dolor sit amet, justo aliquid reformidans ea vel, vim porro dictas et, ut elit partem invidunt vis. Saepe melius complectitur eum ea. Zril delenit vis ut. His suavitate rationibus in, tale discere ceteros eu nec. Vel ut utamur laoreet vituperata, in discere contentiones definitionem ius.
read more ⟶
Leave a comment
Note: HTML is not translated!