"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Alimentos para uma gravidez saudável


11/08/2014 - 23:00:00 | 774

 Quais os alimentos que devem ser explorados nessa fase tão importante?

A gravidez é um período em que o corpo feminino passa por diversas transformações, principalmente hormonais e, nessa fase é essencial repensar a alimentação.
 
Há aquele mito de que mulher grávida deve comer por dois e comer de tudo, mas não é bem assim. É fundamental que uma alimentação saudável seja seguida e que a mulher coma o suficiente em nutrientes para a própria saúde e para a saúde do bebê.
 
Muitas pessoas ignoram a importância de uma consulta nutricional, mas cada organismo é único e é fundamental que uma dieta específica conforme as necessidades de cada organismo seja seguida.
 
Há mulheres que são alérgicas a algum alimento e dessa forma, é importante que uma dieta específica seja seguida. Por exemplo, se a gestante for intolerante à lactose, deverá suprir as necessidades de cálcio com outros alimentos.
 
Mulheres que são vegetarianas devem ter uma dieta que supra as necessidades de proteína.
 
Saiba o que não pode faltar na dieta de uma gestante, levando em consideração que não se trata de uma dieta universal, pois as necessidades variam.
 
Cálcio: Leite e derivados, soja, tofu, cereais integrais, alimentos como sardinha, cenoura, brócolis, entre outros.
 
Ácido fólico: Os vegetais de folhas verde-escuras como espinafre, couve, brócolis, frutas, principalmente as cítricas, cereais, entre outros. É importante que esses vegetais sejam preparados de maneira que as propriedades não se percam, como no vapor.
 
Carboidratos complexos: Arroz integral, massas integrais, pães integrais, entre outros, são as melhores fontes de energia, sem contar que aumentam a sensação de saciedade que faz com que a mulher não se renda ao consumo de alimentos desnecessários por fome repentina.
 
Ferro: Principalmente as carnes de origem animal, com ênfase no fígado são ricas nesse mineral, ovos, feijão, verduras de folhas verde-escuras, dentre outros, são ricos em ferro. Vale lembrar que a capacidade de absorção do ferro aumenta com a ingestão de vitamina C. Exemplo: Suco de couve com laranja.
 
Proteínas e lipídeos: Lipídeos são gorduras e também devem fazer parte da dieta, mas é fundamental que seja consumida com parcimônia. Alimentos fontes desses dois nutrientes: Carne vermelha, peixe, frango, abacate, leite e derivados, entre outros.
 
Magnésio: Esse mineral é fundamental para o equilíbrio do sistema nervoso, a soja, grãos como o feijão e a ervilha, frutas oleaginosas, chocolate amargo, entre outros, são boas fontes de magnésio.
 
Vitamina A: A gema de ovo, cereais integrais, legumes e frutas de cor alaranjada ou amarelada, entre outros.
 
Vitaminas do complexo B: Todas são essenciais para o bom funcionamento do sistema nervoso, para a produção de energia, atuam contra doenças como a anemia etc. Carnes vermelhas, frutas, verduras e legumes, leite e derivados, entre outros, possuem importantes vitaminas do complexo B.
 
Vitamina C: Todas as frutas cítricas e alguns alimentos como couve-flor, batata, brócolis, entre outros.
 
Vitamina D: Banho de sol com proteção solar em horários adequados e alimentos como fígado bovino e ovos.