"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

As ervilhas e a saúde


16/03/2014 - 23:00:00 | 853

Conheça mais sobre essa leguminosa e passe a consumir mais

 
A ervilha é dos grãos mais nutritivos e ricos em benefícios à saúde, mas muitas pessoas desconhecem suas propriedades ou não veem muita utilidade em consumi-la na alimentação diária. Está na hora de pensar diferente!
 
A ervilha faz parte de um grupo de alimentos muito importante para a saúde: carboidratos complexos, mais que isso, é rica em proteínas completas, pessoas que praticam exercícios físicos devem consumir este alimento que auxilia até mesmo na manutenção da massa muscular.
 
Essa leguminosa é rica em importantes vitaminas: A, C, E e vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B6, B12). Possui importantes sais minerais: cálcio, fósforo, magnésio, ferro, potássio, zinco, entre outros.
 
A presença de importantes vitaminas como E e C atuam conferindo ao alimento poder antioxidante, ou seja, previne o desgaste e envelhecimento das células, o surgimento de doenças como o câncer e até mesmo o envelhecimento da pele.
 
Por ser rica em vitaminas do complexo B, a ervilha age regulando o funcionamento do sistema nervoso, prevenindo problemas como: insônia, irritabilidade, depressão, debilidade nervosa etc.
 
A ervilha é importante para prevenir e tratar doenças cardíacas, isso por que possui baixo teor de gorduras e sódio (inimigos do coração). O consumo deste alimento em uma dieta saudável pode ajudar a prevenir problemas cardíacos como: insuficiência cardíaca, lesões das válvulas, degeneração do músculo cardíaco, angina e até mesmo infarto.
 
É um alimento essencial na dieta das gestantes e das mulheres que estão em período de amamentação, possui folatos, importantes no período do desenvolvimento do feto.
 
É um alimento tolerado na dieta dos diabéticos, sem alterar consideravelmente as taxas de glicemia no sangue.
 
A utilização desse cereal pode ser amplamente explorada, em saladas, tortas, misturada no arroz com outros ingredientes, pode compor o recheio das famosas empadas, encorpar deliciosos caldos e cremes, e se unida a cereais também ricos em nutrientes como é o caso do milho verde, podem cooperar ainda mais para a prevenção de doenças cardiovasculares.
 
A melhor maneira de consumir a ervilha para que todos os nutrientes sejam aproveitados é crua ou cozida rapidamente no vapor de 5 a 10 minutos. As ervilhas em sua forma “in natura” contêm aproximadamente 78,9% de água. A maneira menos recomendada de consumo é em conserva, a perda de vitaminas oscila entre 15% e 30%.
 
Se aliada a uma dieta saudável, pode levar ao emagrecimento.
 
Agora que você já conhece um pouco sobre o poder dessa leguminosa, explore-a mais no dia a dia. Preste a atenção nessa dica de salada de ervilhas e cenoura.
 
Salada Bicolor
 
Ingredientes
2 cenouras grandes picadas ou cortadas em rodelas;
1 xícara de chá de ervilhas frescas;
1 cebola pequena picada;
Algumas folhas de hortelã;
Sal, pimenta e limão a gosto
 
Modo de fazer
Cozinhe a cenoura e ervilhas no vapor por aproximadamente 10 minutos, é importante que estejam firmes. Escorra e deixe esfriar. Adicione a cebola picada, a hortelã, o sal, pimenta, suco do limão e misture delicadamente. Você pode decorar com salsa picada. Leve para gelar.
 
Viu só? Essa é uma das diversas maneiras de utilizar as ervilhas na dieta diária.