"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Castanha-do-pará ajuda no tratamento do hipotireoidismo


28/06/2016 - 09:50:53 | 199

A Castanha-do-pará (Bertholettia excelsa) é uma árvore típica da floresta Amazônica, que pode alcançar até 60 metros de atura. Além disso, é um alimento muito saboroso que pode trazer muitos benefícios para o nosso organismo. A Castanha-do-pará é pertencente à família botânica Lecythidaceae.

 

A Castanha-do-pará ou castanha do Brasil é uma semente do mesmo grupo das nozes, amêndoas e outras oleaginosas. Ela ainda é rica em gorduras boas, minerais e fitoquímicos e possui um elevado valor nutritivo. Além disso, possui substâncias antioxidantes, principalmente o selênio. As castanhas ainda possuem compostos fenólicos e flavonóides e são ricas em vitamina E.

A Castanha-do-pará pode trazer muitos benefícios para o nosso organismo, devido a sua ação antioxidante e antiproliferativa, ela ajuda a reduzir o risco de adquirir doenças como a aterosclerose e o câncer. Além disso, ela é muito importante para manter a saúde do sistema cardiovascular, para ajudar a diminuir os níveis de colesterol, para manter a imunidade funcionando bem e para ativar o metabolismo da tireoide.

A tireoide depende de alguns minerais para o seu bom funcionamento, principalmente o selênio, o iodo e o zinco. Esses minerais fazem parte de reações bioquímicas que permitem a produção dos hormônios da tireiode. Na maioria dos casos, o hipotireoidismo inicial pode ser corrigido com um nível ideal destes minerais. Desta forma, o consumo dessa semente tão nutritiva, a castanha-do-pará se torna uma grande aliada da tireoide por conter boas quantidades de selênio.

O que é hipotireoidismo?

O hipotireoidismo é um distúrbio no qual a glândula da tireoide não produz hormônios suficientes para a necessidade do organismo. Isso acontece quando os níveis de T3 e T4 estão muito baixos. Sintomas como sonolência, cansaço, dificuldade para perder peso, cabelos e unhas secos e quebradiços e raciocínio lento podem aparecer. Desta forma, é fundamental a orientação e acompanhamento de um médico especialista para fornecer qual o melhor tratamento adequado para as condições de cada paciente.

Castanha-do-pará como consumir?

A melhor maneira de consumir a Castanha-do-pará é na sua forma natural, porém, deve-se tomar cuidado devido ao sódio, por isso, a forma in natura e sem sal também é bem recomendada, pois irá evitar o excesso de sódio e problemas cardiovasculares futuros. A Castanha-do-pará pode ser encontrada em lojas de produtos naturais, feiras livres e em mercados.