"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Causas do Bruxismo


04/11/2012 - 23:00:00 | 1195

O bruxismo é o hábito de ranger ou apertar os dentes e acontece muitas vezes quando a pessoa não tem consciência, ou seja, está dormindo. Atualmente atinge grande parte da população por ter como causas fatores emocionais como stress, o grande mau da vida atual.

A pessoa só nota quando tem bruxismo quando alguns dos sintomas passam a ficar mais fortes, porque o ranger dos dente só acontece quando  a pessoa não tem consciência ( está concentrada ou dormindo). Alguns pacientes que tem o bruxismo relatam grande sensibilidade ao ingerir alimentos muito gelados ou quentes, salgados e ácidos. Isso acontece porque um dos sintomas é a perda de esmaltes dos dentes. Outros sintomas desse hábito prejudicial são:

  • Dentes moles
  • Dores de cabeça
  • Dores na mandíbula
  • Redução da capacidade de abrir a boca ao acordar

O bruxismo afeta bem mais as mulheres, mas isso não quer dizer que homens e crianças não estejam sujeitos a desenvolver , até mesmo porque as causas do bruxismo são em sua maioria emocionais como uma vida estressada, ansiedade, raiva, medo, falta de sono e em alguns casos fatores hereditários.

Se não tratado, o bruxismo provocará desgaste nos dentes, raiz exposta, restaurações que quebram facilmente, retrações da gengiva, problemas periodontais, sangramento na gengiva e perda do tecido ósseo causando assim a mobilidade dental podendo acarretar na perda dos dentes. Os dentes também podem ficar doloridos e soltos e se desgastarem até ficarem pequenos.  Por fim o bruxismo pode acarretar também na destruição do osso circunvizinho.

O tratamento para combater o bruxismo ainda é discutido pelos dentistas. Geralmente é indicado o uso de placas dentárias de silicone ou acrílico, mas além do paciente ir até um profissional de sua confiança e começar o tratamento, é recomendado que se consulte com um psicólogo para identificar os motivos do stress ( ou outros motivos emocionais) constante. Através de uma ajuda psicológica o paciente poderá ser orientado a encontrar meios de relaxamento e assim combater o bruxismo.