"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Cólica menstrual tem tratamento


04/11/2012 - 23:00:00 | 516

Trata-se de uma dor que aparece todos os meses. Não é fácil conviver com ela, mas "faz parte". Será? Estamos falando da "dismenorreia" ou "cólica menstrual", que algumas mulheres sentem tanto durante a ovulação como no período da menstruação.

A cólica menstrual acomete, principalmente, a parte inferior do abdômen. É o resultado das contrações musculares no útero que ajudam a desprender o endométrio, camada que reveste as paredes do útero cuja função é acolher e nutrir o óvulo fecundado. Quando não há fecundação desse óvulo, o endométrio é eliminado em forma de sangramento. É a menstruação.

Em geral, a cólica menstrual não aparece sozinha, mas acompanhada de dores lombares,dor  de cabeça, náuseas, dores nas mamas, cansaço e irritação. Algumas situações como mudanças hormonais, estresse, depressão e falta de alguns elementos essenciais ao organismo, como o magnésio, ácidos graxos e vitamina B6, acabam por agravar a dor da dismenorreia.

Quanto ao tratamento, estão disponíveis tanto medicamentos da medicina alopata (antiinflamatórios, anticoncepcionais, antiespasmodicos, analgésicos) como natural (chás, ervas e cremes para aliviar a dor). O óleo de prímula pode ser um grande aliado Exercícios aeróbicos feitos com moderação, uma alimentação equilibrada e aplicação de calor (bolsa térmica) no local aliviam os sintomas. Beber água é também importante.

Segundo a intensidade da dor, muitas mulheres chegam a ficar incapacitadas durante "aqueles dias". Por isso, é importante visitar o ginecologista e conversar com ele a respeito do melhor tratamento. Caberá ao médico solicitar exames de laboratório ou de imagem para fazer uma avaliação mais detalhada.

Por: AgComunicado