"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Como emagrecer e manter o peso?


04/11/2012 - 23:00:00 | 466

Para emagrecer sem comprometer a saúde é preciso associar uma alimentação balanceada à exercícios físicos. E para manter o peso após a dieta e não recuperar os quilinhos perdidos, é preciso mudar os hábitos alimentares.

Especialistas costumam indicar que após o programa ou dieta de emagrecimento, a pessoa entre em um período de até dois anos de reeducação alimentar, pois apenas dessa forma o organismo conseguirá “esquecer” os patamares anteriores e não recuperar o que emagreceu.

Perder quilos extras diminui a predisposição à diabetes ou hipertensão em pessoas obesas ou com sobrepeso. O ideal é que a perda máxima oscile entre 0,5 a 1 quilo por semana.

Ficar com fome não faz bem – Pular refeições só aumenta a fome e causa desconfortos como irritabilidade, fraqueza ou fadiga. Também é uma prática prejudicial ao organismo, pois ao ficar muito tempo sem ingerir alimentos gera um acumulo de ácidos estomacais que ocasionam a úlcera ou gastrite. Quando passamos por longos períodos em jejum, o organismo economiza a queima de calorias, ou seja, propicia o acúmulo de gorduras e aumenta a tendência a engordar.

O ideal é evitar passar longos períodos sem se alimentar e se possível, seguir a regra de fazer refeições com intervalo de três horas. A ingestão de verduras, legumes, frutas, alimentos integrais e naturais também é fundamental para manter a boa forma e a saúde. Mastigar bem os alimentos e sem pressa facilita a digestão e dá mais tempo para que o estômago envie uma mensagem ao cérebro, informando que já está saciado. Ao comer rápido demais, essa mensagem demora a ser processada e a pessoa acaba consumindo mais do que o necessário.

Atenção ao café da manhã – Há quem diga que o desjejum matinal é a refeição mais importante do dia. O corpo interpreta o jejum como uma situação de perigo e para se proteger, armazena e economiza energia em forma de gordura para outros momentos de necessidade. Em outras palavras: o metabolismo torna-se lento. Deve-se consumir alimentos integrais, leite desnatado e seus derivados e cereais diversos, que fornecem fibras e carboidratos.

Por: AgComunicado