"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Como encarar bem o término de um relacionamento


04/11/2012 - 23:00:00 | 561

 

“Antigamente os casamentos duravam mais”, é o que dizem nossos avós. Porém boa parte das pessoas envolvidas em relacionamentos duradouros não estavam realmente felizes mas continuaram juntos por necessidade, conveniência e por que a época exigia.  Hoje em dia a separação é um processo rápido que serve para dar uma segunda chance para aquelas pessoas que escolheram por não continuarem mais juntas. Mas é um processo doloroso como qualquer separação.

Antes de tomar a séria decisão de acabar com o relacionamento se pergunte se ainda ama seu(ua) companheiro(a). Tudo bem que às vezes essa pergunta não basta, pois mesmo amando alguém a convivência com a pessoa pode ser complicada, haver muitas brigas, desacordos e frequentes faltas e falhas na comunicação. O importante é se perguntar  se você ainda quer e consegue viver e ir em frente com a pessoa sem angústias.

Ele(a) chegou à conclusão que o melhor para ambos é a separação antes de você? Calma. Parece difícil mas é possível ter uma separação sem brigas, acusações e culpa. Mas tente evitar grandes discussões para não gerar mais mágoas. É normal depois do término de um relacionamento, seja casamento, namoro ou paquera ficarmos deprimidos, confusos e às vezes não saber nos comportar com o(a)ex , mas existem diversas maneiras de dar a volta por cima e sair bem depois de uma separação.

  • Não tenha vergonha de chorar. Chore com os amigos ou em casa sozinho, chorar faz parte do processo de recuperação e dá uma sensação de alívio.
  • Não persiga o(a) ex. Fica ligando para saber onde ele ou ela está, mandar mensagem pedindo para voltar, visitar diariamente  a página pessoal da pessoa em redes sociais. Isso só gera frustações e perda de tempo. Ficamos cuidando da vida alheia quando deveríamos estar cuidando de nós.
  • Alimentar esperanças de que vocês possam voltar (se foi a outra pessoa que pediu separação) não é uma boa deia. Fique um tempo sem vê-la também para não correr o risco de reacender sentimentos e acabar magoado depois.

Só depois que se sentir completamente recuperado do “período de luto” dê início ao processo de recomeçar. Mude o cabelo, comece a sair com amigos, viaje. Só quando estiver recuperado pense em iniciar outro relacionamento, afinal embarcar em uma relação pela metade só pode gerar futuras frustações.