"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Conheça os fatores que podem influenciar na obesidade.


08/01/2013 - 23:00:00 | 2458
A obesidade é um problema que atinge cada vez mais brasileiros, e afeta diversas áreas da vida. Uma pessoa é considerada obesa quando o seu peso é 20% acima do peso considerado normal. A medida mais comum da obesidade é através do IMC (índice de massa corporal). Se o IMC da pessoa estiver entre 25 e 29,9 ela é considerada acima do peso. As pessoas com IMC acima de 30 são consideradas obesas. 
 
A obesidade ocorre quando uma pessoa consome mais calorias do que ela consegue gastar, o que se resume em muitos casos a comer mais e se exercitar menos. Existem outros fatores que desempenham um papel na obesidade: 
 
  • Idade: com o envelhecimento, a capacidade do organismo de metabolizar os alimentos fica mais lento, por isso as pessoas se alimentam da mesma forma que aos vinte anos, e mesmo se exercitando ganham peso. 
  • Sexo: As mulheres costumar ter mais excesso de peso que os homens, pois após a menopausa o metabolismo diminui fazendo com que as elas ganhem mais peso.
  • Fatores ambientais: embora a genética seja importante em muitos casos de obesidade, o ambiente que a pessoa vive também desempenha um papel significativo. Os comportamentos da pessoa, os alimentos que ela consome e o sedentarismo estão entre esses fatores. 
  • Atividade física: A atividade física tende a diminuir o apetite em pessoas obesas, enquanto aumenta a capacidade do corpo de metabolizar a gordura. Grande parte do aumento da obesidade nos últimos vinte anos tem como causa a diminuição da atividade física. 
  • Doença: Apesar de não ser tão comum, algumas doenças podem causar obesidade. Entre elas problemas hormonais como o hipotireoidismo, a depressão e algumas doenças cerebrais. 
Uma alimentação correta ligada a exercícios físicos pode evitar casos de obesidade e ajudar na perda de peso. Alguns medicamentos naturais também auxiliam nesse processo, como a Pholia Negra que auxilia na redução da gordura abdominal e contribui para a perda de peso. 
 
Se o seu IMC estiver acima do normal é importante consultar um especialista para o tratamento adequado.