"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Dormir com o estômago cheio realmente prejudica a saúde?


20/09/2015 - 23:00:00 | 938

 Entenda sobre este assunto

Dormir com o estômago cheio é uma das sensações mais desagradáveis, isso quando a pessoa consegue dormir com aquela sensação de peso e inchaço.
 
Realmente dormir com o estômago cheio prejudica a saúde?
 
O recomendado é dormir após aproximadamente uma hora depois da última refeição, mas vale lembrar que não é uma refeição altamente calórica, mas um lanche leve, uma porção de fruta, alguns petiscos saudáveis, chás, biscoitos, torradas, entre outros são indicados.
 
Evite refeições pesadas, massas, alimentos ricos em gordura, entre outros, afinal, o sistema digestivo poderá ter dificuldades para digerir esses alimentos.
 
Excesso de gorduras ou de proteínas no período noturno pode impedir o repouso, isso porque o processo de digestão dessas substâncias é mais lento, sem contar que o trato digestivo, assim como os demais sistemas do organismo, necessita de um tempo para se recuperar e retomar o trabalho perfeitamente no dia seguinte.
 
Estar de estômago vazio também não ajuda no momento do repouso, isso porque só se pensará em comida e isso não permitirá que a pessoa tenha uma noite de sono tranquila.
 
O ideal é comer uma fruta como maçã ou até mesmo beber um copo de leite pelo menos uma hora antes de se deitar. Aliás, o leite morno ajuda o organismo no processo de relaxamento, mantém o estômago saciado, mas ao mesmo tempo não produz a sensação desconfortável de estômago cheio.
 
Carboidratos podem ser consumidos à noite, mas com equilíbrio, as versões integrais são as mais indicadas, isso porque são ricos em fibras e produzem sensação de saciedade. Uma fatia de pão integral com ricota, por exemplo, é uma boa pedida uma hora antes da noite de sono.
 
Procure sempre cuidar da dieta e se alimentar bem ao longo do dia, isso evitará fome exagerada e excessos alimentares durante a noite.
 
Se alimentar a noite é sim indicado, desde que com equilíbrio e pelo menos uma hora antes de se deitar.