"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Emergência contra a dengue na região Nordeste


30/11/2015 - 23:00:00 | 920

 A luta contra o mosquito continua em todo o país

 
Todo ano, principalmente com a chegada do verão, um problema passa a preocupar mais do que o habitual: dengue. Na última semana as cidades Recife e Pernambuco decretaram estado de emergência por conta da alta concentração do mosquito Aedes aegypti que pode também causar as doenças: chikungunya e zika vírus. Essas três manifestações do mosquito tiveram grande aumento no estado nordestino neste ano. O zika vírus possui relação com o surto de microcefalia e números recentes apontam que no Pernambuco há 487 casos.
 
Reuniões têm sido realizadas com representantes do poder estadual e municipal que mensuram sobre essa epidemia de dengue, chikungunya e zika vírus.
 
O que tem sido discutido é como colocar em prática maneiras efetivas de combate e controle da proliferação dessas doenças para que o surto não se repita em 2016 e não venha se espalhar para outras regiões brasileiras.
 
Os decretos passam a valer a partir de hoje e por se tratar de um caso emergencial os locais de maior incidência das doenças poderão convocar serviços com dispensa de licitação e servidores temporários enquanto persistir o estado de atenção nessas regiões.
 
Mas não é apenas nessas regiões de maior incidência que pode ocorrer a proliferação do mosquito transmissor dessas doenças. É fundamental não deixar água parada em casa e procurar sempre observar por que pode haver alguma concentração de água parada que passe despercebida.
 
Não se pode contrair a doença mais de uma vez e como há 4 manifestações diferentes do vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, a pessoa poderia contrair no total essas 4 manifestações.
 
A dengue não pode ser transmitida de uma pessoa para outra e nem por meio de alimentos. Os sintomas da doença são: dor abdominal, náusea, falta de ar e sensação de fadiga. Por isso, ao sentir esses sintomas é fundamental procurar um hospital ou pronto-atendimento próximo.  Em casos de dificuldades para respirar e presença de sangramento pode se tratar de um quadro de dengue hemorrágica.
 
Repouso e muita água é a principal recomendação do tratamento, mas não vale tomar essas precauções por conta própria é importante que este processo seja acompanhado por um médico.