"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Frutas cítricas atuam no emagrecimento


04/11/2012 - 23:00:00 | 614

As frutas cítricas são ótimas aliadas para os adeptos de dietas de emagrecimento. Elas fazem a saciedade durar por mais horas e seus nutrientes  podem diminuir a absorção de gorduras e açúcares pelo organismo. Essa atuação decorre da presença de fibras solúveis em sua composição.

Há diversos tipos de fibras solúveis, como as mucilagens e a goma guar, mas a pectina – presente nas frutas cítricas – é a principal. Sua atuação no organismo é responsável pela sensação de saciedade, pois retém água e forma uma espécie de gel no estômago, fator que  torna o processo de esvaziamento gástrico mais lento.

Ao reduzir a velocidade desse processo, as fibras solúveis estimulam os açúcares a serem absorvidos mais lentamente pelo organismo. Além de ser uma vantagem para busca emagrecer, é um fator interessante para diabéticos.

O gel formado no estômago é ligado aos lipídios e faz com que estes, ao invés de absorvidos, sejam excretados pelo organismo. Em outras palavras, atua como uma esponja de gordura.

Outro benefício fornecido por estes alimentos é a quantidade elevada de vitamina C, substância que atua na prevenção de celulites e varizes e, favorece a oxigenação da pele. A vitamina C têm ainda função antioxidante, combatendo a formação de radicais livres no organismo.

No entanto, uma das grandes dúvidas sobre as frutas cítricas diz respeito ao seu consumo. A regra é simples: nem demais, nem de menos. O segredo é o consumo moderado. A laranja, o kiwi, o limão, abacaxi e o maracujá possuem cerca de 0,3 grama de fibras solúveis (por unidade) e,  são necessários 6 gramas de fibras solúveis por dia para a manutenção da saúde.

Quem não gosta de consumir a fruta pura, pode adicionar aveia aos sucos cítricos ou em outras receitas. Vale ressaltar que o suco não deve ser coado para que as fibras, presente no bagaço, não se percam.

Para quem já sofre com problemas de azia, enxaqueca, estomatite e outros problemas gástricos, o ideal é buscar orientação médica e reduzir o consumo das frutas ou até mesmo, suspendê-lo por um período.

Por: AgComunicado