"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Genocosmético pode substituir cirurgia facial


29/04/2016 - 12:29:33 | 356

 

O produto é manipulado a partir do DNA da paciente, pode amenizar as rugas e até tratar mancha e vitiligo

 

O desgaste da pele e a aparência de sinais de expressão são comuns com a chegada da idade, entre os 50 anos. Hoje a preocupação mundial do ramo da cosmética é produzir compostos cada vez mais eficientes e evitar cirurgias invasivas que nem sempre oferecem um resultado positivo e natural.

A infectologista Dra. Luciana Auxi diz que é comum encontrar em alguns países a produção de cosméticos feitos sob medida, de acordo com as necessidades e fatores genéticos do paciente. “Vou até uma loja e posso oferecer uma amostra do meu DNA, pode ser um fio de cabelo, camada superficial da pele e a partir daí será descoberto à cadeia genética para produção de um cosmético específico”, explica.

Os genocosméticos podem tratar não somente as rugas e marcas de expressão, como também manchas e as hipercromias, como o vitiligo. A médica levanta a questão dos principais fatores que podem ocasionar o envelhecimento da pele, dentre eles a alimentação e a necessidade da redução calórica, consideração comprovada cientificamente.

Outra causa muito comentada, porém ainda sem comprovação científica é a presença dos radicais livres “A instabilidade das moléculas é o que chamamos de radical livre que é cumulativo e transparece na pele em forma de rugas. É a química acontecendo a olhos vistos”, conclui a especialista.

 

Fibroblastos para a regeneração da pele

 

Os fibroblastos possuem tarefa importante no rejuvenescimento da pele, são células que ficam localizadas na segunda camada da derme e contribuem para a produção do colágeno, essencial para qualidade do tecido. A infectologista comenta que os fibroblastos possuem o papel de sustentar a pele do rosto e manter ativo o trabalho celular principalmente em peles mais jovens, entre os 15 e 20 anos.

“Na pele jovem os hormônios contribuem na atividade dos fibroblastos, já entre as pessoas que estão com 50 anos ou mais os hormônios não atuam com a mesma efetividade e entra os cosméticos para auxiliar”, conclui. 

 

Carga genética deve ser considerada

 

Ao analisar a aparência e jovialidade da pele a médica indica observar se há exposição solar, como a mãe envelheceu e quando entrou na menopausa, pois há grandes chances de carregar a mesma genética. Em casos da ingestão de medicamentos anticoncepcionais salienta que podem diminuir a libido, assim como hormônios importantes como a progesterona. “Por um lado vantagens, pois não existe a ovulação, por outro o anticoncepcional pode ser uma das causas do envelhecimento”, adverte.

 

Confira as orientações da American Academy of Dermatology (Academia Americana de Dermatologia) sobre o uso correto dos cosméticos e cosmecêuticos para a pele:

 

Utilize um único produto: o uso de vários produtos antienvelhecimento pode desencadear irritações e tornar mais visível as rugas e expressões do rosto;

Realize testes antes de aplicar no rosto ou nas mãos: o que inclui também os produtos hipoalergênicos, pois não estão isentos da possível irritação cutânea. Para o teste aplique uma pequena quantidade na parte interna do antebraço. É necessário repetir duas vezes o mesmo procedimento de 4 a 5 dias. Se a pele não apresentar nenhum nível de coceira, vermelhidão e outras reações pode aplicar no rosto;

Suspenda o uso se o produto gerar sensações de picadas, arrepios e queimação: Esses sinais irão irritar ainda mais a pele e tornar nítida a aparência mais velha. Antes de usar o produto converse com o dermatologista e veja se esses indícios são normais;

O cosmético precisa de tempo para atuar: os produtos necessitam de no mínimo seis semanas para apresentar os resultados. Em alguns casos até três meses, portanto é necessário paciência e permitir que o cosmético trabalhe na pele.

 

Referências: American Academy of Dermatology: https://www.aad.org/public/skin-hair-nails/younger-skin/creating-anti-aging-plan

Dermatologia.net: http://www.dermatologia.net/cat-estetica/implante-de-fibroblastos-para-rejuvenescimento/

 

Luciana Auxi, infectologista (Palestra online-CONASEF)

 

Especialista em Medicina Integrativa e prática Ortomolecular