Televendas & SAC (11)4224-4550 ou (11)93802-7841

Quem trabalha em uma empresa e nunca sonhou em fazer isso ? Se você já sonhou em dizer aos seus patrões exatamente o que você pensa deles, você não está sozinho.  Um aposentado nos EUA tornou-se um herói para os trabalhadores descontentes depois que ele fez exatamente isso.

Michael Stuban, de 58 anos, se aposentou do cargo na empresa em que trabalhava há 35 anos, a Pennsylvania Turnpike Commission. Em seu último dia de trabalho ele completou um questionário de saída revelando exatamente o que ele pensava sobre seus empregadores.  Em seguida, em vez de enviar de volta ao departamento de RH como instruído ele enviou um e-mail para todos os 2.000 funcionários da empresa.

"Quando pediram uma entrevista de saída honesta, dei-lhes uma", disse Stuban. "Eu enviei minutos antes de eu me aposentar oficialmente."

No email, o Sr. Stuban, um gerente de nível médio, disse a seus patrões e colegas de trabalho que tinha sido um "pesadelo" os últimos cinco anos que ele trabalhou.

"Não temos moral", escreveu ele. "Eu sinto que a empresa é sem leme, que a gerência de nível executivo está fora de contato com o empregado médio, só olhando para por si mesmos."

Ele também se queixou de uma cultura de "falsidade", dizendo: "Dando-nos aulas onde nos dizem que não somos políticos. "Empregos / promoções são preenchidos pelos políticos, é quem você conhece, não o que você sabe."

Quando o questionário pediu-lhe para explicar suas razões para sair, Stubin escreveu: "Eu sinto que a alta gerência (nível executivo) não se importam com nós ou nos apreciam.O sentimento que recebo é: basta fazer o que dizemos ou encontrar outro trabalho, eu não quero me aposentar ainda, eu tenho apenas 58. Mas eu não me sinto mais parte da equipe. "

O presidente da empresa, Sean Logan, respondeu aos comentários do Sr. Stuban em um e-mail próprio, copiando também em todos os 2.000 trabalhadores.

Ele escreveu: "Sr. Stuban, eu não acredito que alguma vez nos conhecemos, e depois de ler seu questionário de saída, eu sou grato que nós não nos conhecemos".

A comissão de executivos ainda acrescentou: "não pode ter sido muito ruim em um lugar que você ficou por 35 anos. Boa sorte em sua aposentadoria."

Stuban disse que Logan tinha "perdido o ponto" de seu e-mail. "Se fosse uma empresa eficaz e alguém lhe dissesse que há problemas e nenhum moral, você não tem que acreditar em mim, mas talvez alguém deveria verificar", disse ele. "Eles contratam muitas pessoas que são mudas como pedras."

 

O Sr. Logan disse em resposta: "Eu penso que o Sr. Stuban tem uma maneira muito ingênua de comunicar seus problemas. Se ele realmente quis ser construtivo com suas críticas e sugestões, teria que procurer uma outra maneira de fazêr. " Ele acrescentou: "Eu adoraria ter recebido essa crítica de uma maneira mais construtiva, porque isso faz você pensar. Deveria ter me comunicado mais freqüentemente? Esse é um ponto válido. "

Campanha para promover boas vindas
Percebendo sinais de divisão e medo nas pessoas nas semanas que vieram depois da votação do Brexit em Londres, uma mulher criou um plano para impedir ...
Como o nome de alguém influencia a personalidade?
Alguns cientistas britânicos realizaram um estudo para avaliar a ligação entre nomes e personalidade ou "destino", publicado em velho artigo da BBC. S...
Online Farma
Lorem ipsum dolor sit amet, justo aliquid reformidans ea vel, vim porro dictas et, ut elit partem invidunt vis. Saepe melius complectitur eum ea. Zril delenit vis ut. His suavitate rationibus in, tale discere ceteros eu nec. Vel ut utamur laoreet vituperata, in discere contentiones definitionem ius.
read more ⟶
Leave a comment
Note: HTML is not translated!