"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Impotência Sexual não é sinal de falta de amor


05/12/2012 - 23:00:00 | 565

A impotência sexual é muito comum no Brasil, e segundo o urologista Carlos Bezerra, de 45% a 50% dos homens acima dos 18 anos sofrem com algum grau da disfunção (leve, moderada ou grave). Seja por causa da idade ou de problemas psicológicos como depressão e ansiedade, muitas mulheres precisam lidar com essa questão, e os especialistas afirmam que o papel delas pode ser fundamental para a melhora da disfunção. 
 
Geralmente os fatores que causam a impotência nos homens estão ligados a problemas que mexem com a autoestima. Questões profissionais, como sentimento de fracasso, perder o emprego ou pressão no ambiente de trabalho colaboram para a impotência. Mesmo que a impotência não tenha nenhuma relação com o casal, muitas vezes a mulher entende a falta de ereção como falta de interesse sexual ou emocional do homem. As mulheres acham que é sinal de falta de amor e insistem que o homem mostre desempenho para provar que ainda é apaixonado.
 
Como a pressão não funciona isso só piora a situação. Se a mulher for compreensiva e quiser investir na relação, pode desempenhar um papel fundamental para melhora da disfunção. Discutir a relação nem sempre vai resolver o problema.
 
Algumas mulheres tendem a achar que podem resolver o problema da impotência sozinhas, porém acabam insistindo muitas vezes na ereção, deixando o parceiro mais nervoso e aumentando mais ainda o ansiedade. 
 
Existem produtos naturais que podem auxiliar no tratamento da disfunção erétil. O medicamento Tribulus Terrestris contribui para a melhora, pois aumenta os níveis de testosterona e auxilia reforçando a ereção. Se o problema persistir, a mulher deve conversar com o parceiro e incentivá-lo a procurar ajuda médica.
 
Em alguns casos o homem realizará o tratamento medicamentoso, e em casos mais extremos será submetido a tratamentos cirúrgicos. Seja qual for o tratamento proposto, o apoio da parceira certamente passará mais segurança para o homem.