"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Ingrediente extraído do tomate pode ter ação antitrombose


04/11/2012 - 23:00:00 | 486

A fabricante holandesa DSM acaba de trazer uma novidade para o Brasil. Segundo a empresa, um ingrediente extraído do tomate pode melhorar a circulação sanguínea e diminuir o risco de trombose. O concentrado tem nucleotídeos, flavonoides e polifenois e já é adicionado a diferentes produtos nos Estados Unidos e na Europa, com autorização governamental. Um exemplo é a bebida Relaxzen, indicado para pessoas que fazem longas viagens de avião e que por isso correm mais risco de formação de coágulos. 

Segundo a DSM, estudos com cerca de 300 pessoas comprovam a eficácia do composto, patenteado com o nome de Fruitflow. A principal ação do ativo aconteceria na inibição da agregação plaquetária (etapa da coagulação do sangue). A inibição da  agregação plaquetária é um mecanismo conhecido para diminuir o risco de doença cardiovascular.

 
No Brasil, o ativo já foi lançado, mas ainda não há produtos com o ingrediente na fórmula. Isso dependeria do interesse de alguma indústria de alimentos. A principal ação do ativo aconteceria na inibição da agregação plaquetária ""etapa da coagulação do sangue. Como não é um produto final, ele não precisa de registro na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). No entanto, caso seja usado na fórmula de algum produto, precisará da autorização da vigilância. A agência proíbe embalagens de alimento funcional de informar que o produto previne ou cura doenças. 

Especialistas concordam que os flavonoides ajudam na circulação sanguínea, mas isso não  é propriedade exclusiva do tomate. Existem muitos alimentos com flavonoides e consumir vegetais é mais seguro do que ingerir um composto concentrado. Sobre o concentrado, eles alertam que os estudos até agora não são conclusivos e que faltam informações sobre qual seria a molécula ativa e a dose ideal.

Autor:  Agência Comunicado

Fonte:  Folha de S. Paulo