"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Insônia: Vença este mal mudando alguns hábitos


03/09/2015 - 23:00:00 | 973

O que fazer para driblar este mal?

 
Só quem já enfrentou ou enfrenta noites sem dormir sabe o quão angustiante é revirar na cama e não conseguir de fato descansar. No dia seguinte, a sensação que fica é de cansaço, falta de foco para a realização das tarefas cotidianas, sem contar a aparência cansada.
 
Algumas pessoas após a noite em claro podem vir a sentir dor de cabeça, irritabilidade, e segundo estudos científicos, noites sem dormir podem levar ao sobrepeso.
 
Algumas ações podem auxiliar a vencer este mal. Quais são?

Ambiente: É importante que o lugar seja aconchegante. Organize o local antes de descansar. É fundamental se “desligar” literalmente se deseja repousar. Celular, computador, televisão, entre outros equipamentos, devem ficar afastados.
 
Preparação: Um bom banho antes de se deitar, uma roupa confortável e um livro interessante ajudam a pegar no sono mais rapidamente.
 
Alimentação. Evite alimentos pesados à noite e pelo menos cinco horas antes de dormir evite consumir cafeína, que desperta o estado de atenção e pode prejudicar o sono. Tome um chá natural que pode ajudar a acalmar (melissa, camomila, cidreira, passiflora, entre outros).
 
Atividades físicas: O hábito de praticar exercícios físicos faz com que sejam liberados hormônios neurotransmissores no organismo, como é o caso das endorfinas, que produzem sensação de bem-estar e ajudam a regular o sono.
 
Rotina: Não dá para dormir cada dia em um horário, isso prejudica e muito o organismo a criar um hábito de descanso. Procure dormir e acordar todos os dias no mesmo horário.
 
Se nem mesmo mudando os hábitos, o problema é resolvido, pode se tratar de um distúrbio mais complexo que precisa de tratamento, por isso, caso a insônia seja recorrente, procure tratamento.
 
Enquanto se dorme, importantes processos são realizados no organismo, e quando o corpo é privado de sono, consequentemente a saúde também se prejudica. Por isso, preste atenção em si mesmo. Insônia constante não é normal.