"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Quando as manias viram obsessões pode ser TOC


04/11/2012 - 23:00:00 | 802

 

Todo mundo tem algumas manias. Desvirar o chinelo quando está de cabeça para baixo, verificar se as portas estão trancadas a noite ou arrumar a mesa do jantar de um jeito específico. Mas e quando essas manias se tornam obsessões e compulsões que atrapalham a vida da pessoa? Isso é o Transtorno Obsessivo Compulsivo, conhecido como TOC.

O TOC é um distúrbio de ansiedade que assim como a depressão é um dos mal mentais da atualidade mais comuns. Muitas vezes são diagnosticados em estados avançados quando a pessoa já não consegue mais levar uma vida normal. Isso porque muitas pessoas pensam que seu transtorno se trata apenas de uma mania estranha.

O TOC parte de duas partes, primeiro de uma obsessão, ideia ou pensamento que pode ser qualquer coisa. Geralmente essas ideias são improváveis e absurdas e a pessoa tenta isolar esse pensamento fazendo com que venha a segunda parte. A compulsão. A compulsão é uma ação feita logo em seguida do pensamento obsessivo que surgiu na mente da pessoa. Na maioria das vezes há uma razão para essa ação acontecer, podendo ela ser qualquer coisa. Abrir uma porta, pegar em um objeto, olhar para algum lugar, falar algo ou fazer um movimento.

Para ficar mais claro alguns casos de TOC acontecem da seguinte forma:  Um pensamento passa pela cabeça da pessoa como “ Caso eu não pegue em um objeto verde vou sofrer um acidente”  e a pessoa encosta em um objeto verde. Em alguns casos a obsessão está em um nível tão grande que a pessoa não consegue sair de casa, como aquelas que antes de ir trabalhar tem que tomar banho, porém ao chegar à porta sentem que tem que tomar outro banho, do contrário algo ruim vai acontecer ou ela simplesmente não vai ficar em paz durante o dia. Outro exemplo seria quando a pessoa tem um pensamento obsessivo como “Vou ficar doente” e para esquecê-lo momentaneamente faz algum ritual.

Os transtornos obsessivos mais comuns são: Tomar banho, tocar objetos, ver se as coisas estão como deveriam (portas trancadas, gás e ferro desligados e etc.), contar objetos, rezar, lavar as mãos, repetir alguns gestos, arrumar objetos de uma determinada maneira.

Muitas pessoas podem apresentar a compulsão, que seria a parte da “mania estranha”, mas o principal sintoma do TOC é a obsessão, ou seja, a ideia que aparece com frequência na mente da pessoa.

 O tratamento de pessoas com TOC deve ser feito com um psiquiatra. Apenas ele poderá ver o nível de avanço da doença e prescrever o medicamento e tratamento adequado para cada caso.