"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Mantenha mente e corpo em harmonia praticando o Tai Chi Chuan


04/11/2012 - 23:00:00 | 687

Arte milenar chinesa, o Tai Chi Chuan (Tai Chi = “o supremo”; Chuan = “soco”, “luta”) ultrapassou as fronteiras da China e ganhou o mundo. Segundo uma das teorias sobre o seu surgimento, teria sido criado por Chang San Feng, um monge taoista formado em artes marciais que, ao observar a luta entre uma garça e uma serpente, idealizou alguns dos movimentos do Tai Chi Chuan. O objetivo do monge era reunificar os princípios filosóficos e físicos que, naquela época, no ano de 1200, devido às muitas guerras em território chinês, estavam dissociados. Outra teoria sobre a origem desta arte é creditada a famílias tradicionais da China, como a Família Chen.  

Mais do que uma sequência de exercícios, o Tai Chi é um modo de vida praticado há centenas de anos que reflete a busca por uma forma de vida superior, tanto no aspecto mental como físico. Segundo os princípios desta filosofia, a harmonia entre mente e corpo traz progresso e desenvolvimento ilimitado a quem o pratica. Assim, a pessoas se exercitam imitando os movimentos dos animais, como pássaros, tigres, cobras, répteis e ursos com a finalidade de recobrar habilidades originais da vida, perdidas com o tempo. Os movimentos são lentos e rítmicos, e a respiração profunda colabora para alcançar e cultivar o estado de "tranquilidade e paz interior".

São cinco os estilos de Tai Chi Chuan:
• Chen: movimentos lentos e rápidos, saltos, explosões e pisadas vigorosas;
• Yang: movimentos suaves e lentos, sem alteração de altura, são longos e amplos;
• Wu/ Hao: lento, suave, com posturas pequenas e altas;
• Wu: o corpo é inclinado para o lado, porém, sempre pensando em estar ereto;
• Sun: movimentos combinam três estilos de artes marciais (Wu + Hsing I + Ba Gua).

Não é preciso nenhum equipamento especial para praticar o Tai Chi Chuan. Roupas e calçados confortáveis bastam. Pode e deve ser praticado tanto por homens e mulheres e não há limite de idade. Entre os principais benefícios estão:
• Aumento do equilíbrio, da serenidade e da criatividade;
• Menos desgaste físico e emocional;
• Prevenção de doenças;
• Melhora do nível de energia e disposição;
• Aumento da capacidade pulmonar;
• Melhora da auto estima.

Tais benefícios não são sentidos apenas pelas pessoas que praticam o Tai Chi. É inegável a boa influência que uma pessoa equilibrada exerce no seu entorno, seja familiar ou profissional.

Por: AgComunicado