"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Micose tem maior incidência no verão


04/11/2012 - 23:00:00 | 669

De repente surge uma coceira ou ardência em alguma região do corpo, acompanhada por alterações na pele como vermelhidão, fissuras, descamação ou pequenas bolhas de água. O diagnóstico pode ser um tanto difícil para quem nunca apresentou ou desconhece os sintomas da infecção.

A micose é uma infecção bastante incômoda causada por fungos chamados dermatófitos, que são  invisíveis a olho nu e que podem atingir a pele, unhas e cabelos. Estão presentes em toda parte: no meio ambiente, nas pessoas e animais. Eles gostam de calor e umidade e são alimentados pela queratina da superfície da pele.  O próprio organismo humano possui fungos considerados “pacíficos”, ou seja, que não comprometem a saúde.

Com diferentes aparências, a micose pode surgir em diferentes parte do corpo, dos pés à cabeça. Pode ter o aspecto de uma mancha em forma de círculo, bolinhas cheias de água ou com descamação na borda – são as características mais comuns nos pés. O verão é a estação mais propícia para seu surgimento, pois é com o calor que os fungos passam a se reproduzir.

O uso frequente de sapatos fechados, roupas sintéticas ou mesmo a exposição a fungos presentes no meio ambiente facilitam seu surgimento. Há pessoas que apresentam maior predisposição à adquirir essas doenças, em especial as que possuem baixa imunidade.

Como tratar? O tratamento deverá ser indicado por um dermatologista e pode contar com a prescrição de remédios ou cremes manipulados.

Prevenção-- Evitar usar o mesmo calçado todos os dias para que possa ser ventilado e não haja proliferação dos fungos. Andar descalço em lugares públicos e usar ou emprestar calçados para outras pessoas também não é boa ideia.  Após o banho, enxugue bem todas as “dobras” do corpo: entre os dedos, atrás dos joelhos...

Por: AgComunicado