"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

O Estresse: a doença da modernidade


14/08/2013 - 23:00:00 | 874
Difícil em um mundo repleto por cobranças, com milhões de exigências não conviver com o estresse. Mas viver estressado não prejudica apenas o âmbito psicológico do ser humano, afeta relacionamentos e degrada a saúde.
 
Muitos estudos já foram realizados em torno desse assunto e comprovaram que o estresse degrada a saúde e o cérebro. Viver sofrendo por antecipação e se preocupando com questões independentemente de relevância pode levar a problemas de saúde, como: depressão, problemas cardiovasculares, infertilidade e até mesmo prejudicar a memória levando a doenças mais sérias como: mal de Alzheimer e Parkinson, isso por que uma constante preocupação e tensão podem levar à uma inflamação no cérebro, essa inflamação afeta duas regiões: hipocampo, responsável pela memória e o córtex, região cerebral responsável pelos raciocínios com maiores complexidades.
 
O estresse prepara o organismo para reagir as situações problemáticas, mas se a constância de preocupação, ansiedade, irritabilidade etc. persistem, problemas mais graves podem ser desencadeados.
 
Mas como lutar contra este mal?
Segundo um médico canadense chamado Hans Selyes, “...o estresse é o resultado do homem criar uma civilização, que, ele, o próprio homem não mais consegue suportar.” Realmente não é fácil viver em um planeta tão absorto de tempo e considerar a possibilidade de não ser acometido por este mal, mas a consciência de que a vida está em constante modificação e que problemas passam como a própria vida, é uma verdade que pode ser exercitada todos os dias. Sofrer com antecipação por algo que nem ao menos se sabe o que será é uma tremenda tolice.
 
Viva um dia de cada vez, preze pela sua saúde mental, não anseie pelo que ainda não tem forma, desligue o botão das preocupações e aprenda a entrar e sair do estresse pela mesma porta que conduz à tranquilidade.