"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

O milenar abacaxi como recurso para a manutenção da saúde digestiva


16/03/2014 - 23:00:00 | 604

Conheça a história da fruta e o porquê do reconhecimento medicinal

 
A história do abacaxi é curiosa, dizem que por volta do ano de 1.493, habitantes da ilha Antilhana de Guadalupe, localizada no Caribe, ofereceram o abacaxi a Cristóvão Colombo, que teria achado que a fruta fosse uma espécie de alcachofra, mas quando a provou e sentiu seu sabor, levou-a para a Espanha e logo depois o cultivo se estendeu por regiões da Ásia e África. No século XIX passou a ser cultivada nas ilhas do Havaí que hoje ainda é o país que mais produz a fruta.
 
Mais do que uma história curiosa, o abacaxi possui história como alimento rico em propriedades. Possui importantes vitaminas (A, B1, B2, B3, B6, C, E), é rico em importantes minerais: cálcio, fósforo, magnésio, ferro, potássio, zinco, entre outros.
 
As vitaminas mais abundantes no abacaxi são: A, B1 e B6. Entre os minerais, se destacam: cobre, potássio, magnésio e ferro.
 
Essa fruta possui importantes substâncias conhecidas como ácido cítrico e málico, que são responsáveis por sua acidez e pela potencialização da vitamina C. 
 
A substância bromelina também famosa no abacaxi, atua facilitando a digestão de proteínas no organismo, possui a mesma ação da pepsina, enzima que é produzida no estômago que faz parte do suco gástrico.
 
É uma fruta importante para aqueles que estão em dietas de emagrecimento, 100 gramas equivalem a aproximadamente 49 calorias. 
 
É conhecida como auxiliar do bom funcionamento estomacal, o consumo regular da fruta previne problemas como: hipocloridria que se caracteriza pela diminuição de sucos no estômago, tornando a digestão mais lenta e produzindo a sensação de inchaço; previne a ptose gástrica, um problema ocasionado pela incapacidade do estômago de esvaziar o conteúdo ingerido.
 
O consumo do abacaxi é relacionado até mesmo a problemas de esterilidade, isso por que é rica em manganês, importante oligoelemento, que atua diretamente na formação das células reprodutoras tanto masculinas como femininas. 
 
A presença da vitamina C atribui ao alimento poder antioxidante, contra a formação dos radicais livres, que causam envelhecimento celular, envelhecimento da pele e até mesmo doenças cancerígenas, aliás, o consumo regular dessa fruta inibe a formação de elementos conhecidos como nitrosaminas, que se formam no estômago em consequência da reação entre nitritos e algumas proteínas contidas em alguns alimentos, desta forma, atua prevenindo o câncer na região estomacal.
 
O abacaxi pode ser explorado na alimentação de diversas formas, em sua forma “in natura” principalmente após as refeições para facilitar a digestão, em forma de sucos e até mesmo em conjunto com outras frutas ou famosas ervas como a hortelã, em muitos casos é até mesmo ingrediente de deliciosas sobremesas.
 
O que mais dizer sobre o abacaxi? É uma fruta querida do paladar, rica em propriedades e que deve ser frequentemente consumida.