"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

O que comer para uma noite de sono plena?


10/08/2014 - 23:00:00 | 1017

 Quais alimentos podem ser explorados na conquista de um sono mais tranquilo?

 
Muitas pessoas sofrem de insônia e esse é um mal que não escolhe idade, até mesmo crianças muito pequenas podem apresentar o problema. É fundamental procurar ajuda médica para tratar esse distúrbio, afinal, durante o sono diversas funções do organismo costumam ser equilibradas e na ausência do descanso o organismo também sofre com desequilíbrios principalmente de ordem hormonal.
 
Alguns alimentos podem auxiliar quando o assunto é uma noite de sono plena, isso mesmo, alguns alimentos podem ser muito úteis para auxiliar no tratamento da insônia.
 
Quais alimentos são esses?
 
Pipoca: Isso mesmo, a irresistível pipoca, mas sem gordura e sal. A pipoca oferece ao organismo um importante aminoácido conhecido como triptofano que se transforma em serotonina, um importante neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar e pelo sono regular. Uma pequena porção de pipoca ao menos uma hora antes de dormir pode auxiliar. 
 
Cereja: A fruta desidratada auxilia na produção de melatonina, importante para proporcionar um melhor sono, pode ser uma boa pedida algumas horas antes de dormir.
 
Camomila: Este chá é isento de cafeína, um estimulante que precisa ser evitado ao máximo por aqueles que têm dificuldades para dormir. Não é à toa que a camomila é indicada até mesmo para os bebês, isso por que possui um efeito calmante natural e alivia inclusive problemas gastrointestinais. Uma xícara de chá antes de dormir (sem açúcar de preferência) auxilia na conquista de uma noite de sono tranquila.
 
Mel: O aumento das taxas de açúcar no sangue está relacionado com a diminuição da produção de um neurotransmissor conhecido como orexina que possui íntima ligação com a insônia. Mas é fundamental tomar cuidado com a quantidade de açúcar, por isso uma opção saudável é a utilização do mel orgânico.
 
Grão-de-bico: Esse alimento é rico em vitaminas do complexo B, com ênfase na vitamina B6, que induz à produção de serotonina. A utilização do grão-de-bico pode ser bem versátil, pode ser usado em saladas, no preparo de patês e até mesmo em ensopados.
 
Banana: A fruta é rica em vitaminas do complexo B e também é fonte do aminoácido triptofano, que precede a serotonina.
 
Maracujá: Uma fruta popularmente conhecida pelo poder calmante, pode ser explorada em forma de chá ou suco, lembrando que ao adoçar você pode utilizar o mel orgânico.
 
Maçã: Essa fruta também age a favor de uma noite de sono mais tranquila, pode ser consumida em sua forma natural ou em forma de suco pouco antes de dormir.
 
Alface: É rica em um sedativo natural conhecido como lactucina, consumir a salada de alface no jantar, por exemplo, já pode auxiliar na conquista de uma noite de sono plena.
 
É fundamental que um tratamento médico seja procurado, pois qualquer distúrbio do sono pode ter ligação com algum problema de saúde. E obviamente que o consumo desses alimentos deve estar aliado a uma alimentação equilibrada e saudável. A prática de atividades físicas moderadas como a caminhada também é importante para a produção de serotonina e endorfinas.