"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Óleo de coco estimula queima de calorias


04/11/2012 - 23:00:00 | 618

O óleo de coco tem se mostrado um grande aliado para as pessoas que querem perder peso ou prevenir doenças cardiovasculares. Sua gordura saturada, de origem vegetal, não contém colesterol e estimula o bom funcionamento do metabolismo e também a queima de calorias.

Diferentemente de outros óleos compostos por triglicerídeos de cadeia longa ( TCL ), o óleo de coco traz os chamados triglicerídeos de cadeia média (TCM), que atuam no processo digestivo,  tornando-o mais rápido e eficaz. Dessa forma, a gordura passa depressa pelo fígado e não fica acumulada no corpo.

Ao ser absorvido pelo organismo, o óleo de coco transforma-se em energia e o mais importante é que não entope os vasos sanguíneos.

Mesmo proporcionando a sensação de saciedade por mais horas, o óleo de coco deve ser entendido como um agente coadjuvante no processo de emagrecimento. Sua atuação decorre da soma de uma alimentação balanceada e exercícios físicos regulares.

Além da recomendação para dietas de emagrecimento, o óleo de coco é indicado para mulheres com candidíase e pessoas que sofrem com micoses. Isso decorre da presença do ácido caprílico em sua composição. Ele possui ação antifúngica e aumenta as defesas do sistema imunológico.

Como consumir?

A Abran (Associação Brasileira de Nutrologia) aconselha o consumo de quatro colheres de sopa por dia. Essa quantidade reduz o apetite e eleva o gasto energético do organismo, ou seja, favorece a perda de peso.

O óleo de coco não altera o sabor de outros alimentos e assim, pode substituir o óleo de soja ou ser adicionado à sucos e vitaminas, saladas, bolos e doces. Nas refeições ricas em carboidratos, ele ajuda a reduzir o índice glicêmico, tornando-as mais saudáveis.

Dentre as gorduras vegetais, o coco é o que apresenta maior concentração de ácido láurico – o mesmo ácido graxo encontrado no leite materno.

Por: AgComunicado