"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Óleos essenciais brasileiros: reconhecidos no mundo


17/07/2016 - 20:45:28 | 214

 

ESPECIALISTA EM MEDICINA NATURAL EXPLICA SOBRE OS BENEFÍCIOS DESSES RECURSOS NATURAIS

 

Você já teve alguma experiência utilizando recursos naturais e obteve excelentes resultados? Ou você tem algum preconceito quanto aos métodos naturais e acredita que apenas os medicamentos criados em laboratórios podem surtir efeito?

De acordo com o artigo Óleos Essenciais, a utilização destes agentes naturais é conhecida desde a antiguidade mais remota. Em registros pictóricos de seis mil anos atrás, consta que entre os egípcios, havia a utilização de certos vegetais, folhas, flores, entre outros, para a cura de males, unção (com óleos) à realeza, para o alcance do bem-estar físico, entre outros. 

O médico, especialista em Medicina Natural, Guilherme Oberlaender, conta que começou a utilizar os óleos essenciais timidamente e sem crer o bastante que se tratava de uma prática efetiva, foi a partir de um convite recebido para os Estados Unidos, que conheceu especialistas renomados no assunto:

“Trabalhei com pessoas interessantes, que foram de certa maneira, meus professores neste início da minha jornada. E então eu fui ampliando meus conhecimentos em torno dos óleos essenciais, fui vendo realmente o poder que essas pequenas gotas de energia, podem ter na saúde de uma pessoa.”

Apesar de conhecer sobre os benefícios dos recursos naturais, o especialista se deparava com alguns obstáculos, dentre eles, o de não conseguir reproduzir os mesmos resultados que via em experiências ou lia em alguns dos estudos. Foi aí que passou a se questionar sobre o por que os resultados não eram exatamente positivos como ele via até mesmo por meio da experiência de algum colega. E depois de muito se indagar, o especialista chegou a uma curiosa conclusão: o óleo essencial tem nome e sobrenome:

“É preciso conhecer a origem dos óleos essenciais, é preciso entender qual é o produto que está sendo utilizado, é importante conhecer a história do óleo, onde foi plantado, quem destilou, de que maneira destilou, se foi unido a outro óleo da mesma classe, se foi retificado.”

O médico explica que a retificação consiste na junção de óleos de produções diferentes e na redestilação, para que se chegue a um padrão de aroma e de características bioquímicas.

O artigo O que são e para que servem os óleos essenciais?, explica que quando os óleos essenciais são sintetizados, armazenados e liberados pelas plantas, são essenciais técnicas de extração, prensagem a frio e diferentes tipos de destilação. Além disso, o artigo esclarece que substâncias conhecidas como terpenos costumam ser extraídas das plantas, frutos, flores, sementes, entre outros, e que podem reagir com outras substâncias e até mesmo originar outros compostos químicos importantes.

O especialista Guilherme Oberlaender, esclarece que ao longo de sua experiência foi percebendo que os detalhes que originam os óleos essenciais são muito importantes, sem esquecer que o óleo em si tem energia e que se trata de um recurso muito sofisticado provindo da natureza: "Percebi que quando a gente utiliza o óleo essencial da maneira como a natureza nos traz, a eficiência, eficácia, é outra”.

O médico conta que buscar conhecimentos sobre estes recursos naturais fora do Brasil, com produtores estrangeiros, não é algo muito fácil, isso porque demanda muito conhecimento. Após ser alertado quanto à efetividade de alguns óleos brasileiros, conheceu o óleo de Breu, provindo de uma planta que já conhecia há algum tempo e já utilizava no tratamento de distúrbios ligados à cognição, memória, concentração e com alterações psíquicas. 

“E comecei a entender esse óleo e a ver o talento que esse óleo tem, o poder que ele tem. A capacidade dele é maior do que de uma série de óleos tradicionais.Vi que esse óleo conseguia suprir uma série de coisas, daí parti para conhecer outros óleos brasileiros e sempre me surpreendia”, conta o especialista.

Foi a partir dessas experiências que o especialistas decidiu trabalhar com óleos brasileiros e mais do que isso, decidiu trabalhar diretamente com produtores de óleos brasileiros. Foi assim que surgiu a empresa Tunupa, empresa na qual o médico atua como consultor científico. A empresa visa o conhecimento e o aprimoramento dos óleos essências brasileiros, realizando parceria com produtores que trabalham especialmente com óleos orgânicos ou selvagens, o que também visa o apoio à Biosfera:

“Procuro pesquisar óleos brasileiros, procuro conhecer os óleos brasileiros para que eu possa ter mais qualidade no meu atendimento e no ponto de vista da Tunupa, poder trazer isso para as pessoas também, para que conheçam um pouco mais desses óleos essenciais.”

É fundamental conhecer mais sobre os recursos naturais e de onde vieram. Se render aos recursos naturais também é uma forma de experimentar mais possibilidades de uma vida plena e saudável, mas também representa liberdade de escolher entre os fármacos naturais e fármacos tradicionais. Lembrando que o “tradicional” na verdade são os recursos provindos da natureza.

 

Guilherme Oberlaender – É médico psiquiatra, formado em Medicina Ortomolecular e também é especialista em Plantas Medicinais da Amazônia.

É fundador e consultor científico da Tunupa - Empresa especialista em óleos essenciais do Brasil.

Site da Tunupa: www.tunupa.com.br

 

Fontes 

CONAROMA – Congresso Online de Aromaterapia.

Óleos Essenciais. Realizado por: Antônio Carlos Siani; André Luiz Franco Sampaio; Mariana Conceição de Sousa; Maria das Graças Müller Oliveira Henriques; Mônica Freiman de Sousa Ramos: www.biotecnologia.com.br/revista/bio16/16_oleos.pdf

O que são e para que servem os óleos essenciais? eCycle: www.ecycle.com.br/component/content/article/67-dia-a-dia/2038-o-que-sao-oleos-essenciais-tipos-terpenos-origem-vegetal-naturais-beneficios-usos-limoneno-mentol-canfora-canela-lavanda.html