"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Problemas nas articulações: o que fazer?


20/03/2014 - 23:00:00 | 752

Saiba quais atitudes podem minimizar os terríveis sintomas

 
Só quem sofre de dores nas articulações sabe o quão inconveniente é conviver com dores frequentes. Muitos fatores podem contribuir diretamente para que as dores nas articulações sejam desencadeadas (sobrepeso, idade, esforço físico demasiado em atividades diárias etc.). Doenças como artrite, artrose, tendinite, reumatismo, entre outras podem acometer indivíduos em algum momento da vida e o mais difícil é conviver com as dores constantes que dificultam a movimentação e que impedem a realização de atividades corriqueiras do dia a dia. 
 
Os problemas geralmente começam a surgir com maiores impactos a partir dos 50 anos de idade.
 
O que fazer nestes casos?
Na verdade as pessoas só dão o devido valor à capacidade de movimentação quando são acometidas por algum problema inflamatório nas articulações que as impeçam dos plenos movimentos.
 
A obesidade é um fator agravante para o aumento da incidência de casos de problemas nas articulações e as regiões mais afetadas costumam ser: o joelho, o quadril e a coluna, regiões que sustentam o peso do corpo e que se desgastam mais. 
 
Aqueles que acreditam que os praticantes de exercícios físicos estão imunes ao problema, estão enganados, segundo estudos científicos realizados, o abuso de atividades físicas pode trazer problemas nas juntas antes de um indivíduo sedentário, o problema mais recorrente é a artrose, que é resultado de uso incorreto ou excesso de uso das articulações.
 
Problemas nas articulações como a artrite reumatóide, tendinite, artrose, entre outros, não são doenças que acometem apenas àqueles que têm idade avançada, jovens e crianças podem apresentar problemas nas articulações. 
 
A artrite reumatóide é uma doença que provoca inflamações nas articulações das mãos, pés, joelhos etc. e pode levar a deformidades.
 
O importante é que essas doenças sejam tratadas. O reumatismo não pode ser curado, mas sob tratamento, o indivíduo pode ter uma melhora considerável na qualidade de vida, sem a mesma frequência de dores. 
 
A primeira atitude importante para o tratamento e prevenção dos problemas na articulação é sair do sedentarismo, em casos de sobrepeso, as condições de movimentação e os problemas nas juntas se tornam mais complicados, por isso é fundamental que uma dieta equilibrada seja realizada, de preferência, sob orientação nutricional, quanto aos exercícios físicos, o equilíbrio é fundamental para que o efeito de fato seja benéfico.
 
Em casos de dores intensas, o uso de antiinflamatórios costuma ser recomendável para minimizar os inconvenientes sintomas. Em muitos casos, é indicado o tratamento com fisioterapia e é fundamental que as sessões sejam realizadas com disciplina para que os resultados possam ser observados.
 
Se alimentar da maneira correta é importante, os alimentos são responsáveis por fornecer ao organismo os nutrientes necessários para manter seu bom funcionamento atuando na prevenção e tratamento de doenças.
 
O importante é que haja cuidado com a saúde, aqueles que sofrem de problemas nas articulações podem ter melhoria de qualidade de vida, desde que mudem velhos e maus hábitos e sigam o tratamento indicado.