"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Proteína vegetal ajuda no emagrecimento


04/11/2012 - 23:00:00 | 841

Diferentes na composição e nos alimentos em que estão presentes, as proteínas vegetais tornaram-se uma das principais opções em cardápios vegetarianos ou para fins emagrecedores. Sua grande vantagem está na ausência de gorduras trans e na presença de fibras, além de serem ótimas fontes de ômega 3 e 6.

Porém, o efeito emagrecedor dessas proteínas não repousam em seu baixo valor calórico e sim na capacidade de saciar a fome por mais horas.

A proteína vegetal é encontrada em alimentos como a soja, o grão-de-bico, ervilha, lentilha, feijão, dentre outros. Esses alimentos (alguns considerados funcionais) proporcionam maior saciedade e reduzem os níveis de insulina,o hormônio que abre caminho para entrada do açúcar nas células. Por conta disto, são eficazes no emagrecimento saudável.

Confira os benefícios de alguns desses alimentos:

Grão-de-bico-- é considerado um dos legumes mais nutritivos. Rico em proteínas, vitaminas do complexo B e sais minerais. O alto nível de celulose em sua casca o tornam uma ótima opção para regular o funcionamento intestinal. Também possui uma grande quantidade de amido e por conta disto, é utilizado como fonte de energia pelo organismo.

Soja-- da família dos alimentos funcionais, a soja contém substâncias que aceleram o funcionamento do metabolismo, além de fibras que melhoram a trânsito intestinal e aminoácidos essenciais para formação dos músculos. Não é recomendado consumir mais de 25 gramas da proteína de soja por dia – quantidade equivalente à duas porções do grão ou derivados. Ao ser ingerida em excesso, pode ocasionar efeitos contrários (nessa caso, aumentar a massa corpórea).
A proteína da soja também atua no combate ao câncer de mama e pode amenizar os sintomas da TPM e menopausa.

Ervilha-- por ser uma leguminosa rica em fibras, estimula o funcionamento do metabolismo. A ervilha proporciona maior saciedade e libera a glicose de forma mais lenta na corrente sanguínea, ou seja, diminui os níveis glicêmicos, o que é ótimo para diabéticos.

Por: AgComunicado