"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Saiba como evitar o efeito sanfona


04/11/2012 - 23:00:00 | 578

O famoso efeito sanfona é um dos maiores vilões de quem faz dietas. Perde-se alguns quilos e ganha-se outros para compensar e, entre as idas e vindas dos quilos, surgem as celulites e outras imperfeições que atrapalham a beleza do corpo.

Para alguns, o mais difícil não é emagrecer, é manter o peso conquistado. O primeiro passo para evitar esse problema é entender que o processo de emagrecimento deve ser levado a sério e ser orientado por um nutricionista ou médico endocrinologista. Dietas da moda e medicamentos até podem funcionar por um tempo, mas não surtem efeitos duradouros.

A melhor alternativa para quem almeja emagrecer é a reeducação alimentar. Assim, o emagrecimento se tornará um processo saudável e gradativo e que facilitará a manutenção do peso ideal. Especialistas alertam que o correto é perder de 1 a 1,5 kg por semana.

Os nutricionistas costumam indicar planos alimentares individuais, ou seja, de acordo com o IMC (índice de massa corporal) e rotina da pessoa. Esses cardápios costumam incluir alimentos funcionais, refeições fracionadas e elementos que trazem saciedade, de forma a reduzir a compulsão por doces e guloseimas. Além disso, sempre é recomendada a boa hidratação do organismo, para eliminar as toxinas e para o funcionamento geral do metabolismo.

Evitar pular refeições, principalmente o café da manhã, é um dica fundamental. A primeira refeição do dia é de suma importância para forcecer energia e disposição. É ela quem ajuda a ativar o metabolismo, retirando-o do "modo lento" da noite. Pessoas que se alimentam bem pela manhã tendem a comer com maior frequência e em porções menores, o que ajuda a perder peso ou equilibrá-lo.

Também é interessante associar a dieta aos exercícios físicos. As modalidades são as mais diversas, desde caminhadas diárias até danças como o ballet ou mesmo o samba. Os exercícios mais recomendados para manter o peso são os localizados, pois fortalecem o tônus muscular e aceleram o metabolismo.

Por: AgComunicado