Televendas & SAC (11)4224-4550 ou (11)93802-7841

Um dos grandes erros cometidos na hora de fazer dietas é extinguir ou restringir alimentos do cardápio. Além de dificultar a adaptação, essas medidas podem gerar disfunções no organismo, pois apenas algumas substâncias não suprem todas as necessidades do corpo.  O cardápio ideal em dietas, sejam quais forem os fins, contém todos os nutrientes necessários ao bom funcionamento do organismo.

As gorduras são apontadas, muita vezes, como vilãs de uma dieta saudável. No entanto, estudos já comprovaram que elas não são produzidas em nosso corpo e por isso, são essenciais para o funcionamento do organismo. Basta escolher o tipo certo de gordura e consumi-la com moderação.

Os alimentos ricos em ácidos graxos essenciais, como ômega 3, ômega 6 e ômega 9, integram o time dos items com "gorduras boas". Elas são responsáveis pela produção de energia, aumento ou redução do metabolismo, auxiliam no transporte de oxigênio e dentre outras funções, atuam na regulação hormonal.

As gorduras boas são bastante eficazes em dietas para perder peso ou para desenvolver a musculatura. Aceleram o metabolismo, estimulando a queima de calorias, ajudando na desenvoltura dos músculos e reduzindo a quebra do tecido muscular.

Qualquer pessoa interessada em levar uma vida saudável pode se beneficiar com as gorduras saudáveis. Pesquisas recentes já indicaram que os ácidos graxos fornecem nutrientes que contribuem na transmissão do impulso nervoso e na manutenção dos níveis de triglicerídeos, associados à saúde cardiovascular.

Mas como diferenciar as gorduras boas das ruins? Alguns derivados de animais podem ser considerados gorduras ruins. Como por exemplo a manteiga, a gordura da carne animal, queijos, salgadinhos, sorvetes e outros alimentos de origem animal. Gorduras saturadas ou trans são prejudiciais à saúde cardíaca. As gorduras boas, também conhecidas como polinsaturadas, são de origem vegetal. Podemos listar como alimentos ricos em gorduras do bem a semente de linho (linhaça), nozes, abacate, peixes, soja e seus derivados, óleos vegetais, dentre outros.

E para não prejudicar a saúde, é bom evitar fazer dietas por conta própria. Com a orientação do nutricionista é possível manter a saúde e a balança em dia. 

Por: AgComunicado

Veja o que acontece ao tomarmos refrigerantes
Confira alguns motivos pelos quais é melhor evitá-los...
Manter uma alimentação saudável ajuda a prevenir celulites
Conheça os alimentos que ajudam a combater o problema...
Online Farma
Lorem ipsum dolor sit amet, justo aliquid reformidans ea vel, vim porro dictas et, ut elit partem invidunt vis. Saepe melius complectitur eum ea. Zril delenit vis ut. His suavitate rationibus in, tale discere ceteros eu nec. Vel ut utamur laoreet vituperata, in discere contentiones definitionem ius.
read more ⟶
Leave a comment
Note: HTML is not translated!