"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Sal rosa possui menos sódio e traz benefícios para saúde


24/02/2016 - 23:00:00 | 593

 Extraído diretamente das montanhas do Himalaia o sal rosa possui mais de 84 minerais puros

O sal rosa também conhecido como sal do Himalaia é uma iguaria presente em cardápios gourmet. O sal é extraído diretamente das montanhas do Himalaia, não sofre nenhum processo de industrialização, portanto é conservado todos os seus nutrientes e mais 84 minerais, como cálcio, cloreto, potássio, enxofre, fósforo, enxofre, magnésio, cromo selênio, entre outros.

O sal do Himalaia é considerado o mais saudável e puro da Terra devido a sua vasta propriedade em mineral e vantagens para a saúde e funções do organismo. Saiba mais sobre o sal rosa. Confira:

Embora o sal seja extraído da montanha o produto é de origem do oceano, tornando-se cristalizado e armazenado por milhares de anos entre as camadas profundas das montanhas. O sal rosa é uma perfeita sinergia de importantes minerais para saúde, sobretudo para a função enzimática, saúde hormonal, absorção de proteínas e diversos processos bioquímicos provocados pelo organismo.

Possui baixo teor de sódio

  • Por possui maior estrutura devido aos cristais rosa, o sal possui menos sódio por porção ao ser comparado com o sal comum. Alguns benefícios do sal rosa:
  • Atua no desenvolvimento das células gliais no cérebro, essenciais para a capacidade criativa e do pensamento;
  • Ajuda no controle da pressão arterial;
  • Contribui para o equilíbrio hidroeletrolítico e favorece o controle do pH corporal
  • Atua no transporte da água para dentro e fora das células;
  • Facilita a comunicação do cérebro sobre os músculos e o controle dos movimentos.

Diminua o consumo do sal

O consumo excessivo de sal é responsável pela sensação de inchaço, sobretudo alterações na pressão arterial. O sódio é um mineral importante para as funções do organismo, portanto é saudável consumir quantias equilibradas no cardápio. A Organização Mundial de Saúde recomenda o consumo de até seis gramais ao dia, o que representa uma colher de chá cheia.

O sal torna-se importante para a saúde, desde que consumido com moderação. A sua falta também implica em problemas, como maior resistência à insulina, aumento dos níveis de triglicerídeos e eleva os riscos de doenças cardíacas e diabetes tipo 2.