"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Soja preta ajuda a emagrecer e ainda previne doenças


04/11/2012 - 23:00:00 | 863

Por conta de seu alto valor nutritivo, a soja é um dos alimentos mais utilizados em dietas para emagrecimento ou para manter a saúde e prevenir doenças. Além da soja amarela, com a qual somos mais familiarizados, há outra variedade desse grão: a chamada soja preta.

Assim como a amarela, a soja preta é rica em antocianina, uma substância antioxidante que evita a formação de coágulos prejudiciais para circulação sanguínea, responsáveis por alguns casos de AVC (acidente vascular cerebral). As isoflavonas, presentes na soja, amenizam os sintomas da TPM e seu alto teor de cálcio ajuda na prevenção da osteoporose, diabetes e câncer.

No entanto, o que tem feito a soja preta ser bastante requisitada é sua ação emagrecedora. Um estudo realizado por coreanos comprovou que o alto teor de fibras ajuda a manter a sensação de saciedade por mais tempo e a antocianina age nos adipócitos – células que armazenam a gordura no corpo – estimulando uma substância para queimar a gordura armazenada e com isso, promover  o emagrecimento. No entanto, é importante ressaltar que esse resultado ocorre com mudanças no estilo de vida.

A soja preta pode ser encontrada em grãos ou em farinha. Seu sabor é semelhante ao da soja amarela e também pode ser utilizada no preparo de sopas, saladas ou outros pratos. O grão cozido vai bem com o feijão e arroz branco ou integral e a farinha pode ser adicionada a bolos, pães, sucos, vitaminas e iogurtes. Geralmente, o consumo indicado é de 2 a 4 colheres de sopa por dia.

A farinha de soja preta pode ser encontrada em farmácias manipuladas ou em supermercados e também pode ser feita em casa. A receita é simples: coloque 200 gramas do grão no forno, por aproximadamente 20 minutos – o tempo necessário para torrá-los. Após esfriar, triture os grãos no liquidificador até obter a consistência de farinha e pronto. Prefira armazená-la em recipientes fechados e em lugares arejados.

Pessoas com problemas renais devem evitar seu consumo, pois a soja preta contém quantidades significativas de magnésio, o que pode desencadear a formação de cálculos renais e a deposição de cálcio.


Por: AgComunicado