"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Soro caseiro contra desidratação deve ser usado apenas em casos de emergência


04/11/2012 - 23:00:00 | 857

Sem a devida informação sobre as quantidades corretas de sal e açúcar, os adultos podem trazer  resultados indesejados aos filhos ao preparar o soro caseiro.  Para não depender do “achômetro” ou do tamanho da colher e correr o risco de não ajudar efetivamente a criança, o ideal é procurar um posto de saúde e pedir o soro de reidratação oral. A maneira apropriada de usar o soro de reidratação oral está descrita na Caderneta de Saúde da Criança, entregue aos pais assim que saem da maternidade pública. 

 
Os sinais mais comuns da desidratação por diarreia em crianças são moleira funda, boca seca, olho seco e choro sem lágrima. Se a criança ficar o dia inteiro exposta ao sol ou fechada em um carro a 40° C, a desidratação causa boca seca e olho ainda mais fundo. Especialistas recomendam o consumo de água, chá, suco e água de coco. 
 
Preparo do soro oral 
 

  1. Misturar todo o envelope em um litro de água fervida ou filtrada 
  2. Não adicionar açúcar nem sal 
  3. Não ferver o conteúdo depois de pronto 
  4. Só usá-lo por 24 horas 
  5. Após esse prazo, jogar fora o que sobrou e preparar mais um litro 
  6. Quando não houver a solução de reidratação oral, pode-se usar o soro caseiro. A colher-medida está disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) 

Se não houver alternativa e for realmente necessário fazer o soro caseiro, use:

  1. Um copo cheio de água limpa
  2. Uma medida rasa da colher (a menor) de sal
  3. Duas colheres rasas (a maior) de açúcar 

Fonte:  Agência Comunicado