"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Terapia capilar em casa, como fazer?


02/06/2016 - 09:52:24 | 306

O óleo essencial de lavanda ajuda a aliviar coceiras no couro cabeludo e promove a sensação de bem-estar

 

Quem possui o couro cabeludo oleoso está mais suscetível à seborreia e implicações na pele. A aromaterapia é um recurso bastante utilizado nos centros estéticos para tratar e revitalizar os fios, principalmente o couro cabeludo. 

Os óleos essenciais são substâncias extraídas de plantas, flores e sementes altamente concentrados e naturais. Os óleos possuem especificidades para a aplicação na cosmetologia e cada um deles apresentam determinados benefícios. A terapeuta capilar e holística Consuelo Simão indica o óleo essencial de lavanda para pessoas que sofrem de coceiras no couro cabeludo e dermatite seborreica (caspas). 

“É o meu preferido, pois não tem contraindicação. Pode ser usado por qualquer idade, basta pingar duas gotinhas de lavanda na mão e massagear o couro cabeludo”, indica.  

A lavanda é um dos óleos que podem ser aplicados diretamente sobre a pele, as demais opções devem ser diluídas na água, xampu, creme ou mesmo em óleos vegetais. A planta possui efeito antisséptico, analgésico, antiespasmódico, tônico, adstringente, anti-inflamatório, antidepressivo e sedativo. 

“A terapia capilar apresenta benefícios não somente para o couro cabeludo. O objetivo é também trabalhar a harmonização. O paciente busca não só o alívio da limpeza da pele, mas também a sensação de bem-estar” pontua a especialista. 

 

Óleo de lavanda contribui para:

-Combater a inflamação de peles com acne e diminuir a oleosidade;

-Amenizar a insônia, estresse e agitação;

-Prevenir a dor de cabeça;

-Aliviar picadas de insetos e dermatites;

-Combater a TPM e tensões pré-menstruais;

-Promove a sensação de relaxamento e bem-estar;

-Ajuda no combate à queda dos cabelos.

 

 

Óleos essenciais indicados para terapia capilar

 

Óleo de alecrim: o óleo de alecrim ameniza a descamação do couro cabeludo e combate a coceira. Ajuda a fortalecer os fios e evita a quebra;

Gengibre: combate à queda capilar e estimula o crescimento saudável dos cabelos. Ideal para cabelos oleosos;

Salvia Esclareia: atua no fortalecimento dos fios, ideal para cabelos quimicamente tratados. Purifica os cabelos, promove o brilho e ajuda no combate à escamação. 

Vale lembrar que os demais óleos (exceto a lavanda) precisam ser diluídos para a aplicação direta na pele ou couro cabeludo. Você pode diluir de 10 a 15 gotas do óleo num borrifador com 100 ml de água e espirrar no couro cabeludo. Deixe agir por 30 minutos e enxágue em seguida com um xampu purificante (neutro). 

“Através do contato com o sistema olfativo a aromaterapia contribui para sensação de leveza e bem estar. O óleo de lavanda, por exemplo, pode ser aplicado sobre a pele para realização de massagens”, recomenda a terapeuta. 

Ao comprar o óleo essencial confira se o produto é puro, pois existem opções com misturas que não trazem o efeito desejado. Uma dica é conferir no rótulo a composição química, país de origem e o registro na ANVISA, assim há garantia da propriedade medicinal. 

 

Consuelo Simão, Técnica na empresa Vita Derm

Terapeuta capilar e holística. Participção no CONASEF