"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Tome cuidado com a sua coluna


04/11/2012 - 23:00:00 | 1093

Autor:  Agência Comunicado

Fonte:  360 Graus 

Manter o peso adequado, fazer atividades físicas e ter uma boa postura são fundamentais para a coluna. Quem carrega uma mochila pesada por anos a fio, por exemplo, pode sofrer um desgaste prematuro. Os adolescentes geralmente têm uma postura inadequada porque ainda estão se adaptando ao corpo nessa fase. Cabe aos pais, incentivá-los para que mantenham uma boa postura. 

Na hora de sentar, devemos apoiar os dois pés no chão, dobrar os joelhos mais ou menos em 90 graus, deixar o quadril dobrado também nesse ângulo e a coluna apoiada. Quem usa computador deve posicionar a tela na altura dos olhos, e o teclado deve ficar na altura do cotovelo dobrado. Ficar abaixado o tempo todo ou em qualquer outra posição força a coluna. Movimentos prolongados sobrecarregam músculos, tendões, ligamentos e ossos. A dica é fazer alongamentos, atividade física e ter uma alimentação saudável para suportar diferentes posições. 
 
As grávidas têm predisposição a sentir dores articulares, ósseas e musculares decorrentes de mudanças hormonal. A mulher ganha peso, muda a postura e seu centro de gravidade, o que sobrecarrega a coluna. Pelo fato de a mulher não poder tomar remédio nem fazer alguns exames nesse período, a dica é prevenir as dores antes da gestação, com exercícios, um peso adequado e uma musculatura condicionada. 
 
As melhores atividades físicas para a coluna são natação, hidroginástica, pilates e musculação. Já os travesseiros podem causar dores, mas não são um fator preponderante. O colchão ideal não deve ser muito duro nem mole e se adaptar às reentrâncias do corpo. E dormir em rede é ruim, pois não há uma adaptação da curvatura, deixando as costas ficam em forma de "C". 
 
Usar salto alto pode fazer mal tanto para os pés quanto para a coluna, provocando uma lordose, ou seja, uma curvatura lombar anormal. Isso porque o sapato deixa o apoio do corpo apenas em cima da parte frontal do pé, e não no calcanhar, onde o peso deveria ser distribuído. As pessoas devem carregar o mínimo peso possível e distribui-lo igualmente nas costas. 
 

(Com informações do ortopedista Alexandre Fogaça, do Hospital das Clínicas).

Manter o peso adequado, fazer atividades físicas e ter uma boa postura são fundamentais para a coluna. Quem carrega uma mochila pesada por anos a fio, por exemplo, pode sofrer um desgaste prematuro. Os adolescentes geralmente têm uma postura inadequada porque ainda estão se adaptando ao corpo nessa fase. Cabe aos pais, incentivá-los para que mantenham uma boa postura. 

Na hora de sentar, devemos apoiar os dois pés no chão, dobrar os joelhos mais ou menos em 90 graus, deixar o quadril dobrado também nesse ângulo e a coluna apoiada. Quem usa computador deve posicionar a tela na altura dos olhos, e o teclado deve ficar na altura do cotovelo dobrado. Ficar abaixado o tempo todo ou em qualquer outra posição força a coluna. Movimentos prolongados sobrecarregam músculos, tendões, ligamentos e ossos. A dica é fazer alongamentos, atividade física e ter uma alimentação saudável para suportar diferentes posições. 
 
As grávidas têm predisposição a sentir dores articulares, ósseas e musculares decorrentes de mudanças hormonal. A mulher ganha peso, muda a postura e seu centro de gravidade, o que sobrecarrega a coluna. Pelo fato de a mulher não poder tomar remédio nem fazer alguns exames nesse período, a dica é prevenir as dores antes da gestação, com exercícios, um peso adequado e uma musculatura condicionada. 
 
As melhores atividades físicas para a coluna são natação, hidroginástica, pilates e musculação. Já os travesseiros podem causar dores, mas não são um fator preponderante. O colchão ideal não deve ser muito duro nem mole e se adaptar às reentrâncias do corpo. E dormir em rede é ruim, pois não há uma adaptação da curvatura, deixando as costas ficam em forma de "C". 
 
Usar salto alto pode fazer mal tanto para os pés quanto para a coluna, provocando uma lordose, ou seja, uma curvatura lombar anormal. Isso porque o sapato deixa o apoio do corpo apenas em cima da parte frontal do pé, e não no calcanhar, onde o peso deveria ser distribuído. As pessoas devem carregar o mínimo peso possível e distribui-lo igualmente nas costas.  

(Com informações do ortopedista Alexandre Fogaça, do Hospital das Clínicas).

 

Autor:  Agência Comunicado

Fonte:  360 Graus