"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Vários processos interligados compõem a saúde


11/07/2016 - 09:07:06 | 238

 

 UM PROCESSO DEPENDE DO OUTRO, A SAÚDE É UM TODO

 

A saúde do corpo é resultado do bom funcionamento de diversos processos dentro do organismo. É preciso haver equilíbrio e dar condições ao corpo para uma saúde plena. A circulação sanguínea e a qualidade do sangue representa um dos processos no corpo que precisa funcionar bem.

De acordo com o artigo Descubra se seu sangue é saudável, no corpo humano, circulam aproximadamente 5 litros de sangue, para que isso ocorra, o coração bate aproximadamente 70 vezes por minuto. Cada batida do coração é capaz de bombear 90 mililitros de sangue, que percorrem a velocidade aproximada de 96.500 Km por meio das veias e artérias em apenas um minuto. O sangue é uma junção de plaquetas (trombócitos), de leucócitos (glóbulos brancos) e de hemácias (glóbulos vermelhos). 

O médico homeopata, Mauro Carbonar e também especialista na Medicina Tradicional Chinesa, explica que na medicina chinesa acredita-se que quando o estômago e o intestino estão coordenados, o sangue ficará harmônico, assim como os sistemas Yin-Yang ficam estáveis e a mente em paz. O que quer dizer que a quantidade de refeições e de evacuações deverá ser sincronizada para que o sangue fique bem, equilibrado, bem composto e limpo, e a partir do sangue, todas as demais funções no corpo serão realizadas:

“Yin quer dizer estrutura e Yang quer dizer função, então nossas estruturas e nossas funções dependerão da qualidade do nosso sangue, nosso sangue depende do bom funcionamento do aparelho digestivo, e o bom funcionamento do aparelho digestivo depende da quantidade, da qualidade e da combinação dos horários em que as refeições são realizadas.”

Além de pensar no processo desempenhado pelo intestino, aparelho digestivo e pelo sistema circulatório, não se pode deixar de considerar a importância do desempenho cerebral. O especialista esclarece que na mente humana, cinco funções são executadas: pensar, ter consciência, fazer insights, memorizar e dormir: “Para que a gente possa dormir adequadamente, ter boas ideias e memorizar, a gente precisa ter bom sangue, que fará o nosso cérebro funcionar, para ter um bom sangue é preciso ter um bom aparelho digestivo e uma boa alimentação”.

De acordo com a matéria Consumo de junk food pode se tornar um ciclo vicioso, em pesquisa realizada na Austrália com ratos, ficou provado que o consumo excessivo de “junk food”, não apenas pode levar ao aumento de peso, mas também reduz o desejo da pessoa de consumir outros tipos de alimentos mais saudáveis. 

Infelizmente, as pessoas muitas vezes procuram aquilo que é agradável ao paladar e perdem em saúde, na verdade, trata-se de um condicionamento do paladar, que não está apto a reconhecer o sabor também agradável da alimentação saudável.

“É comum que se veja essa frase: “Não alimente os animais, sua comida poderá deixá-los doentes”, na verdade a única parte que se vê nos locais é “não dê comida aos animais”, ou seja, aquilo que será  dado aos filhos normalmente quando se vai aos parques, poderá ser nocivo aos animais, porque aquilo não é combustível recomendado pelo fabricante (organismo)”, explica o homeopata Mauro Carbonar.

O médico vai mais longe e diz que é mais fácil tratar uma criança, do que às vezes, trocar a “peça” de um zoológico e por isso o “junk food” que a criança e família comem não é indicado aos animais, o que pode levar o ser humano a refletir que a alimentação natural dos animais em uma floresta, por exemplo, é infinitamente mais saudável do que a humana. E se os animais são irracionais e conseguem fazer essa escolha, por que o ser humano reluta contra a própria saúde?

O especialista orienta que os alimentos integrais, orgânicos e frescos, são os melhores alimentos, pois são produzidos pelo fabricante (sol, terra, clima, com a colaboração ou não do homem): “A quantidade dos alimentos vai depender da faixa etária, da atividade que cada pessoa realiza, do tamanho e do estado geral de saúde”.

O homeopata explica que quando as pessoas estão doentes, independentemente de idade, a comida ingerida é semelhante, tratam-se de refeições mais líquidas, cozidas, de fácil digestão, que facilita ao organismo a transformação do alimento em sangue, para que a partir do sangue, as células possam absorver e sintetizar nutrientes que darão manutenção às fundamentais estruturas e funções no organismo.

O homeopata ensina que como regra geral, o café da manhã, de acordo com o provérbio árabe, deve ser de rei, o almoço deve ser de rico e o jantar de pobre, assim como é importante que entre uma refeição e outra haja um descanso para o aparelho digestivo, já que no corpo humano, é o sistema que mais se cansa e que mais consome energia.

O médico explica que 40% de toda a energia gasta é no trabalho de transformação de alimentos em sangue, o que é mais do que praticar esportes, do que estudar, do que qualquer outra atividade: 

“É muito comum que após uma refeição de dia de festa, a gente não tenha mais energia para nada. As pessoas se entopem de carnes, maioneses, sobremesas e bebidas alcoólicas e não conseguem nem mesmo pensar, agir, é como se as pessoas estivessem em um sono profundo.”

O especialista ainda acrescenta que depois de uma festa e de exageros, a pessoa tende a se sentir cansada, “entupida”, mas ainda assim, é comum que sinta fome, porque a energia gasta para transformar tudo que foi ingerido em sangue foi muito intensa, e assim, a pessoa terá mais energia do que poderá gastar: "O indivíduo acaba ofertando uma variedade e quantidade muito grande de alimentos a si, mas no final, acaba se prejudicando, agredindo o organismo, muitas vezes a refeição mais simples e menor, dará um lucro muito maior à saúde do que uma refeição maior e pobre em nutrientes".

Tem se falado cada vez mais na importância de usar a inteligência para se alimentar, para uma vida saudável. Será que é tão difícil assim ser saudável? Ou será que o difícil na verdade é batalhar para mudar maus hábitos que duram há tanto tempo?

 

Mauro Carbonar – Médico generalista, trabalha com Homeopatia, Acupuntura, Medicina Tradicional Chinesa e Dietoterapia há quase 40 anos.

 

Fontes 

CONASAÚDE – Congresso Nacional de Saúde.

Descubra se seu sangue é saudável. Revista Viva Saúde: revistavivasaude.uol.com.br/clinica-geral/descubra-se-seu-sangue-e-saudavel/1847

Consumo de junk food pode se tornar um ciclo vicioso. O Globo: oglobo.globo.com/sociedade/saude/consumo-de-junk-food-pode-se-tornar-um-ciclo-vicioso-13745503