"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Você sabe o que é hidroterapia?


02/09/2016 - 09:47:34 | 186



 

Em meio à rotina diária do cotidiano e situações de tensão e estresse, cada vez mais surge a necessidade de recorrer a opções que proponham relaxamento, desde massagem, atividade esportiva e até a chamada hidroterapia, no caso, um tipo de terapia realizada na água, mais precisamente dentro da piscina.  

“Durante a atividade, o terapeuta conduz o visitante, que flutua na água de forma horizontal, com movimentos suaves e fluidos como uma dança. A água da piscina é aquecida a 33 graus em ambiente tranquilo, que proporciona um ambiente único. Essa sensação da água e seus movimentos corporais, sem o impacto da gravidade, conduz o paciente a um verdadeiro estado meditativo”, explica Ozélia Carvalho, fisioterapeuta e especialista em Naturopatia, em Florianópolis (SC). 

A utilização da água em atividades terapêuticas pode ajudar a aliviar dores crônicas, processos de inflamação, redução de ansiedade, depressão, além de trazer relaxamento ao corpo, como pontua Ozélia. Outra vantagem observada é a melhora na circulação sanguínea do organismo, de acordo com a especialista. 

A vendedora Luciane Aguillar da Silva, 29, conta que a hidroterapia foi extremamente importante no processo de tratamento contra a depressão que ela enfrentou em 2015. “Essa atividade me ajudou a lidar melhor com as problemáticas, eu consegui focar em mim mesma e encarar a vida de outra forma. É claro que tudo foi bem difícil, na verdade, uma batalha. Muitas vezes, pensei que não conseguiria, mas resisti, me levantei e hoje estou aqui para contar a minha história”, destaca. 

 

Hidroginástica e hidroterapia 

Por se tratarem de atividades realizadas na piscina, é comum haver confusão quanto ao conceito de hidroginástica e hidroterapia. Valéria Nascimento, especialista em Performance Humana em Academia pela UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro), explica em artigo da Confef (Conselho Federal de Educação Física) que “ambas são saudáveis, mas têm finalidades e procedimentos diversos”, além disso, as práticas são supervisionadas por profissionais com formações distintas. Lembrando que a hidroginástica – em geral – é conduzida por profissional da área de educação física, enquanto que a hidroterapia é realizada por um fisioterapeuta. 

Em linhas gerais, a hidroginástica é uma atividade com foco em exercícios corporais feitos em piscina, com intuito de fortalecer a musculatura e o condicionamento físico, a hidroterapia já é considerada uma atividade com mecanismos fisioterapêuticos, como destaca o Confef. Normalmente, profissionais da área médica podem indicar ao paciente atividades com hidroterapia, as quais priorizam movimentos específicos e personalizados para cada pessoa, com objetivo de promover a reabilitação, isso em caso de complicações, do ponto de vista ortopédico, por exemplo. 

 

Participação: Ozélia Carvalho, fisioterapeuta e especialista em Naturopatia, em Florianópolis (SC). 

 http://www.costao.com.br/

 

Fontes: 

Valéria Nascimento - Especialista em Performance Humana em Academia pela UFRRJ, Mestre em Ciência da Motricidade Humana pela UCB-RJ e docente da Universidade do Grande Rio e da UFRJ. 

Conselho Federal de Educação Física: 

http://www.confef.org.br/extra/revistaef/show.asp?id=3620