"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Farinha do maracujá pode auxiliar o tratamento do diabetes


04/02/2016 - 23:00:00 | 562
 
 
A farinha do maracujá é feita a partir da parte branca da casca, que é a porção mais rica em nutrientes, como a fibra pectina, a vitamina B3 (niacina), ferro, cálcio, potássio e fósforo. Isso dá a ela propriedades importantes para nossa saúde, como redução dos picos glicêmicos.

Uma das maiores características da casca de maracujá é a maior quantidade de fibras. Ela chega a ter 10 vezes mais esse nutriente do que o suco feito com a polpa. A principal fibra é a pectina, que tem como função absorver o líquido e então se tornar um gel, capaz de reter por mais tempo o bolo alimentar no estômago e intestino, pois torna mais lenta a absorção dos nutrientes nele contidos. O resultado é a sensação de saciedade por mais tempo, evitando um maior consumo calórico.

A farinha do maracujá auxilia na redução dos picos glicêmicos e da produção de insulina. Quando o hormônio é produzido e liberado no corpo em grandes quantidades, alguns tecidos e órgãos começam a reduzir sua resposta a ele, sendo preciso mais insulina para armazenar a mesma quantidade de glicose. Esse processo é um quadro chamado de resistência a insulina, que se não for revertido, pode evoluir para diabetes do tipo 2. 

Para aqueles que já têm a doença, quanto mais picos de glicose no sangue, pior seu estado fica. Desta forma, o consumo da farinha do maracujá ajuda a ter um equilíbrio de açúcar no sangue, estabilizando o problema.

 

Farinha do maracujá Benefícios:

 

- Promove saciedade e emagrece;

- Previne o diabetes; 

- Melhora as taxas de colesterol e de triglicérides;

- Auxilia no bom funcionamento do intestino.

 

Farinha do maracujá como consumir?

A farinha do maracujá pode ser usada em receitas e consumida com frutas e outros alimentos. Ela pode ser consumida cerca de 30 minutos antes das refeições, para trazer saciedade e evitar o exagero ao comer. Mas também pode ser consumida nas preparações, polvilhada em frutas, dissolvida em sucos, batidas de frutas, iogurtes, sobre os alimentos, entre outros. A farinha do maracujá pode ser encontrada em lojas de produtos naturais ou me farmácias.