"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Alimentos termogênicos aumentam gasto calórico e ajudam a emagrecer


04/11/2012 - 23:00:00 | 694

Nosso organismo consome energia durante todas as atividades que realizamos, inclusive durante o processo digestivo. Ao incluirmos alimentos termogênicos nesse processo, podemos favorecer o processo de emagrecimento no nosso organismo.

Segundo especialistas, as substâncias termogênicas existentes em certos alimentos são capazes de elevar a temperatura do corpo, acelerar o metabolismo e aumentar a queima de gordura. Conheça agora alguns alimentos termogênicos que podem ajudar no processo de emagrecimento:

- Pimenta vermelha
- Chá verde
- Canela
- Gengibre
- Chá de hibisco
- Alimentos com ômega 3 – como salmão e atum.
- Água gelada (ingerir ao longo do dia pelo menos oito copos de água)
- Linhaça
- Brócolis
- Vinagre de maçã
- Cafeína
- Abacaxi

As proteínas e carboidratos são mais termogênicos do que as gorduras. Alimentos apimentados prolongam a queima calórica. A melhor forma de aproveitar as propriedades termogênicas desses alimentos é consumir algumas porções durante o dia. Como observação, o cozimento em excesso acaba eliminando o efeito termogênico.

Além de ajudar no emagrecimento, acelerando o metabolismo em até 20%, esses alimentos também são indicados na prevenção de alguns tipos de câncer, durante tratamentos de distúrbios respiratórios, na diminuição do colesterol e  na redução do ritmo do envelhecimento celular. No entanto, para que se possamos ter benefícios efetivos, devemos consumir esses alimentos com regularidade, sempre associados a uma alimentação balanceada. A prática de exercícios físicos moderados e regulares aumentam ainda mais a eficácia dos esforços alimentares.

Especialistas advertem que os alimentos termogênicos têm algumas restrições. Pessoas que sofrem de hipertiroidismo, por exemplo, não devem ingerir esses alimentos, pois esses indivíduos já possuem um metabolismo acelerado.

Outros grupos que não devem consumir esses alimentos com são crianças, gestantes, portadores de cardiopatias, hipertensos, indivíduos que têm enxaqueca, úlcera e alergias, uma vez que existe o risco de aumento da pressão arterial, insônia, nervosismo, hipoglicemia e taquicardia.

Por: AgComunicado