"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Doenças cardíacas: Não há idade, sexo ou classe social


29/07/2013 - 23:00:00 | 579
Um assunto que está sempre em discussão e que muitos temem por sua grande incidência: trata-se dos problemas do coração. É o órgão que mantém o corpo vivo, responsável por levar nutrientes por meio das veias e artérias para todos os demais órgão; responsável pela circulação sanguínea e é o órgão preferido dos poetas para expressar sentimentos em palavras.
 
Mas o que tem acontecido de errado que tem levado tantas pessoas a desenvolver doenças do coração?
Muitos não levam em conta a própria saúde, não costumam ir ao médico para realizar check-ups, aliás, só vão ao médico quando o corpo emite algum sinal de anormalidade. Mas os problemas cardíacos se acometem ao ser humano em momentos inesperados e a maioria dos problemas decorrentes do coração se dão silenciosamente, como é o caso da hipertensão. Estudos revelaram que pelo menos 30% dos brasileiros são hipertensos e mais da metade desse número desconhece a existência da doença.
 
O que pode ocasionar os temidos problemas cardíacos?
Uma alimentação pobre em vitaminas e nutrientes, rica em gorduras e condimentos pode levar aos problemas do coração; o cigarro também constitui o grupo de vilões do sistema cardíaco pois aumenta a pressão arterial; a falta de atividade física; o estresse; o peso em excesso; colesterol alto; não beber água regularmente, entre outros fatores.
 
As gorduras saturadas, gorduras trans e as maléficas frituras são as grandes vilãs da saúde do coração. São as responsáveis pelo aumento do peso, aumento dos níveis de LDL (mau colesterol) no sangue, que podem levar ao entupimento de veias e artérias. Aqueles que possuem casos de doenças cardíacas na família devem ficar atentos pois os riscos são maiores devido à hereditariedade.
 
Outro fator que tem sido muito estudado como desencadeador de problemas relacionados ao coração é o estresse. Com uma vida agitada, repleta de tarefas a ser executadas, as pessoas se esquecem da saúde (não só do coração). As emoções em excesso causadas por preocupações, tristezas, entre outras, também são responsáveis por ocasionar problemas cardíacos. Pensar no que ainda vai acontecer, viver ansioso e perder a noção do cuidado de si mesmo pode ocasionar doenças cardíacas. Lembrando que um diagnóstico não vai mudar a vida de uma pessoa que tem problemas cardíacos, o que de fato fará a diferença é o ato individual de cuidar de si.
 
Nunca é tarde para cuidar da saúde, cuidar da alimentação, começar a praticar alguma atividade física. Vale a pena cuidar do coração, viver mais e se apaixonar a cada dia mais pela vida.