"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Mudança de hábito pode amenizar sintomas de artrite


17/03/2014 - 23:00:00 | 572
 Saiba quais alimentos e hábitos indispensáveis para os portadores da doença
 
Uma doença inflamatória crônica, a artrite reumatoide afeta as articulações que envolvem mãos, punhos, cotovelo, joelhos, ombros e coluna cervical. Pacientes que não realizam o tratamento podem comprometer os movimentos com a progressão da doença. 
 
Segundo o Ministério da Saúde, quase um milhão de pessoas sofrem com a doença. Pensando nisso, preparamos algumas dicas de mudanças de hábitos, que podem aliviar as dores das inflamações e prevenir a piora do quadro, confira:
 
Esteja em dia com a carteirinha de vacinação
 
Para pacientes com artrite rematoide, estar imunizado é uma regra. Segundo especialistas, a vacinação garante um sistema imunológico forte e evita o surgimento de outras doenças que podem agravar o quadro. Contudo, vale ressaltar que as vacinas com vírus vivos não podem ser administradas em pacientes que utilizam medicamentos imunossupressores. O acompanhamento médico é fundamental. 
 
Siga corretamente as orientações do médico
 
Se o tratamento não for adequado, o paciente aumentará as chances de evolução da doença e consequentemente, sofrerá com a destruição articular. Portanto, os cuidados devem ser seguidos rigorosamente. Os pacientes que realizam tratamentos, geralmente utilizam medicamentos baseados em imunossupressores, que reduzem a agressão do sistema imunológico contra as articulações. 
 
Evite ficar por longos períodos na mesma posição
 
As pessoas que possuem a doença costumam sofrer mais com as dores no período da manhã, por conta do longo período que ficamos paralisados ao dormir. Como não conseguimos nos alongar enquanto dormimos, o mais recomendado é evitar ficar horas sentado ou com os membros parados na mesma posição. É importante movimentar e alongar sempre as mãos, os braços, as pernas e os pés, principalmente se o paciente trabalha sentado ou realiza viagens regularmente. 
 
Pratique atividades físicas
 
A prática de exercícios físicos e a fisioterapia, ajuda a prevenir e aliviar o movimento articular. De acordo com especialistas, pacientes que sofrem com artrite reumatoide devem priorizar exercícios com menor impacto articular, voltados para o fortalecimento muscular e alongamentos, como a hidroginástica ou os exercícios praticados na água, por exemplo. 
 
Mantenha seu peso adequado
 
O excesso de peso pode estimular uma sobrecarga nas articulações, principalmente dos joelhos e acelerar o processo de degeneração. Sem contar que a artrite reumatoide por si só, já apresenta um alto risco para o desenvolvimento de doenças aparecimento de problemas como colesterol (que pode ser tratado com o medicamento Sinvastatina), hipertensão e diabetes. 
 
Sintomas:
 
  • Dor, inchaço e aumento da temperaturas nas articulações;
  • Rigidez muscular no período da manhã, que pode durar horas;
  • Caroços sobre a pele e braços, conhecidos como nódulos reumatóides;
  • Fadiga, perda de peso e febre.
 
De acordo com médicos e nutricionistas, existem vitaminas indispensáveis que possuem ação antiinflamatória, como o ômega3 e ácidos graxos. Estas substâncias podem ser inseridas através da ingestão de determinados alimentos:
 
  • Peixes oleosos de água fria
  • Óleo de canola
  • Soja
  • Azeite de oliva
  • Rúcula
  • Espinafre