"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

O que a sálvia oferece à saúde?


17/10/2014 - 23:00:00 | 1047

Conheça mais sobre essa planta pouco mencionada entre os recursos naturais

Dificilmente a sálvia é indicada em prol da saúde, é uma das ervas existentes menos populares, mas não menos importante, aliás, possui propriedades que merecem ser ressaltadas.
 
O nome Sálvia é originário do latim Salus, que significa saúde, e realmente é uma planta importante para o bom funcionamento do organismo, para uma saúde plena.
 
As partes utilizadas dessa planta costumam ser as flores e folhas, é mais comumente aproveitada como condimento e em produtos cosméticos, mas conheça mais sobre essa planta para uso interno.
 
No que se refere ao uso externo, o que chama à atenção na sálvia é seu poder como anti-sudorífico, ou seja, ajuda a conter a transpiração, por isso é um dos ingredientes mais importantes das principais marcas de antitranspirante.
 
Quais as principais propriedades presentes nessa planta?
 
É tônica, digestiva, age como diurético, é carminativa (facilita a digestão e previne gases intestinais), é antioxidante, emoliente, estimulante, entre outras.
 
Aqueles que sofrem de sudoração (excesso de transpiração) principalmente no período noturno, podem fazer o chá com até 5 gramas de folhas. Basta despejar água fervente sobre as folhas dispostas em uma xícara de chá e deixar descansar por aproximadamente 10 minutos.
 
A sálvia possui propriedade anti-inflamatória, o chá pode ser utilizado de maneira externa para limpar e tratar feridas. Mulheres em período menstrual podem utilizar o chá no tratamento das desagradáveis cólicas. 
 
O gargarejo com o chá é indicado para aftas e gengivites.
 
Como cosmético é importante para a saúde capilar, auxilia no tratamento e prevenção da caspa e estimula inclusive, o crescimento capilar. Por ser uma planta rica em flavonóides, importantes antioxidantes, também auxilia no tratamento de rugas e linhas de expressão.
 
Em banhos, a sálvia unida a outras plantas como tomilho pode ser utilizada no tratamento da candidíase vaginal, graças às propriedades bactericidas e antifúngicas é capaz de proporcionar excelentes resultados para as mulheres que sofrem do problema.
 
Grávidas e mulheres em fase de amamentação não devem fazer o uso da sálvia, pois pode estimular contrações no útero e diminuir a produção de leite na fase da amamentação.
 
O tipo de sálvia com propriedades medicinais é a sálvia divinorum, mas um tipo que tem sido utilizado principalmente na Europa, é a sálvia officinalis, que possui efeito alucinógeno.
 
Como qualquer medicamento e mesmo se tratando de um medicamento natural, a sálvia deve ser utilizada respeitando as indicações, em casos de excesso, pode causar intoxicação agindo diretamente sobre o sistema nervoso, pode causar bradicardia (diminuição da frequência cardíaca). Por isso é importante até mesmo consultar um profissional especializado para indicar a utilização sem riscos da sálvia.
 
Bem, agora que você conhece sobre essa erva não muito mencionada, a considere entre as mais importantes em prol da saúde. Utilize a sálvia conforme a indicação para o tratamento de problemas externos ou internos.