"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

O tradicional trigo e os benefícios à saúde


20/03/2014 - 23:00:00 | 663

O que torna esse alimento essencial na dieta?

 
Estima-se que a produção de trigo ao ano chegue à quantidade aproximada de 600 milhões de toneladas. Milhões de pessoas no planeta se alimentam a partir desse alimento que é sem dúvida o cereal mais cultivado.
 
Qual a riqueza nutricional do trigo?
O alimento possui vitaminas B (B1, B2, B3, B6), vitamina E, também é rico em importantes minerais como: cálcio, fósforo, magnésio, potássio, zinco, entre outros. 
 
O grão de trigo é composto pelo farelo também conhecido como pericarpo, o endosperma e o gérmen, é um alimento quase completo, que oferece quase todos os nutrientes essenciais, exceto vitamina C, vitamina A e vitamina B12, que não é encontrada em vegetais. 
 
O trigo além de ter importantes nutrientes é rico em fibras. 
 
Quase a totalidade do cereal, o equivalente a 76% é constituída por carboidratos, formados por amidos unidos ás fibras do alimento. O trigo em sua forma integral quando ingerido, libera paulatinamente a glicose no sangue, aumentando a sensação de saciedade, ou seja, é indicado para dietas de emagrecimento e até mesmo para a dieta de pessoas com diabetes, já que ajuda a controlar o nível de açúcar no sangue.
 
Cerca de 90% das proteínas presentes no trigo são formadas por duas substâncias conhecidas como glutenina e gliadina, quando isoladas do resto dos componentes do alimento e misturadas com água formam uma massa esponjosa conhecida como glúten.
 
O glúten é o conteúdo proteico do endosperma do trigo, presente na farinha branca, famoso por produzir as “bolhas” no pão. O que deve ser levado em consideração em relação ao glúten é: pode causar intolerância, essa é uma doença conhecida como celíaca, o glúten é constituído por proteínas incompletas, alimento pobre para satisfazer as necessidades nutricionais do organismo.
 
Já a proteína presente no gérmen de trigo é rica em lisina que compensa a deficiência de glúten no organismo, é preferível o consumo do trigo ou farinha integral por possuir maior poder nutritivo do que a farinha branca.
 
As gorduras presentes no gérmen e farelo de trigo fazem parte do grupo de ácidos graxos poliinsaturados, em que predomina o tipo linoleico, indicado para regular os níveis de colesterol no sangue.
 
As vitaminas do complexo B atuam sobre o sistema nervoso e são importantes para conferir energia ao organismo e proporcionar saúde ao sistema cerebral, prevenindo problemas como irritabilidade, ansiedade e até mesmo a depressão.
 
Esse alimento é importante na fase de crescimento das crianças e dos adolescentes, no período da gestação, em casos de doenças debilitantes etc. A presença de fibras torna o alimento de fácil digestão e ajuda a regular o trânsito intestinal.
 
O importante é não confundir o trigo em sua totalidade nutricional com a farinha branca, pobre em nutrientes, o ideal para aproveitar os benefícios do rico alimento é ingeri-lo em sua forma mais nobre, por isso a indicação do consumo do trigo integral.