"Manter o corpo em boa forma é dever de todos. Corpo saudável... Pensamentos Saudáveis."

Pimenta: ardida, saborosa e amiga da boa forma


07/07/2013 - 23:00:00 | 807
Pimentas conferem uma ardência e sabor deliciosos aos pratos. Mas você conhece todos os seus benefícios? 
 
A pimenta vermelha, principal objeto de estudos, é rica em cálcio, ferro, vitaminas A e C, caroteno, niacina etc. Além de ser rica em nutrientes, a pimenta possui uma substância extremamente benéfica: a capsaicina responsável pela ardência que a pimenta produz, a capsaicina provoca a transformação das calorias do alimentos em calor. Se for consumida em até 3 gramas por dia tem o poder de acelerar o metabolismo em até 20% favorecendo a queima de gorduras ocasionando a perda ou a manutenção do peso. 
 
A pimenta vermelha controla o colesterol, melhora a resistência física, tem poder cicatrizante, alivia dores de cabeça, possui bioflavonóides que são capazes de prevenir alguns tipos de câncer, ativa a circulação sanguínea, entre outros benefícios.
 
Ingerir pimenta demasiadamente pode ser prejudicial ao sistema digestivo. Consumir a pimenta em conservas também não é recomendável pela quantidade de conservantes e óleo. O ideal é que seja consumida em sua forma natural e na quantidade certa. Para obter benefícios de emagrecimento deve estar associada à uma dieta equilibrada e à exercícios físicos específicos.
 
No Brasil temos diversas espécies de pimenta: jalapeño comumente usada na culinária mexicana; comari; malagueta; bode; cambuci; dedo-de-moça; biquinho etc.
 
A pimenta combina com os mais diversos pratos salgados e doces. O consumo equilibrado pode ser altamente benéfico. Por que não introduzi-la na sua dieta com mais freqüência?